Últimas notícias:

Loading...

Há crianças com ‘deficiência que é impossível a convivência’, diz ministro da Educação

Ribeiro tentou explicar a posição de que crianças com deficiência “atrapalham” o outros estudantes

Por: Redação

Nesta quinta-feira, 19, Milton Ribeiro, ministro da Educação do governo de Jair Bolsonaro (sem partido), declarou, em uma entrevista no Recife, que existem crianças com “um grau de deficiência que é impossível a convivência”.

ministro da Educação

“Nós temos, hoje, 1,3 milhão de crianças com deficiência que estudam nas escolas públicas. Desse total, 12% têm um grau de deficiência que é impossível a convivência”, assegurou o ministro.

Essa afirmação foi a maneira de Ribeiro “explicar” a declaração polêmica anterior, na qual disse que crianças com deficiência nas salas de aula atrapalham o aprendizado de outros estudantes.

“O que o nosso governo fez: em vez de simplesmente jogá-los dentro de uma sala de aula, pelo ‘inclusivismo’, nós estamos criando salas especiais para que essas crianças possam receber o tratamento que merecem e precisam”, defendeu Ribeiro.

Ministro e as polêmicas de agosto

Crédito: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil O ministro da Educação Milton Ribeiro, participa do programa Sem Censura, na TV Brasil

No programa “Sem Censura”, exibido na noite da segunda-feira, 9, o ministro defendeu que a universidade deveria “ser para poucos” para ser “útil à sociedade”. Ele disse que os institutos federais precisam formar técnicos.

Em outro momento, Ribeiro, afirmou que reitores das universidades federais não podem ser de “esquerdistas”. Ele revelou que tem bom diálogo com aproximadamente 25 reitores no Brasil.

Nesta semana, o chefe da pasta da Educação, criticou a inclusão de estudantes com deficiência nas escolas, em que a criança com necessidades especiais não aprende o conteúdo e ainda “atrapalha” a aprendizagem dos outros alunos.

?>