Universidade americana oferece bolsas de empreendedorismo social

O prazo de inscrições para alunos internacionais vai até 7 de janeiro

Por: Marcela Marcos | Comunicar erro

A Universidade de San Diego, na Califórnia, Estados Unidos, está com inscrições abertas para o Hansen Summer Institute on Leadership and International Cooperation. O programa de três semanas sobre empreendedorismo social será realizado de 30 de junho a 21 de julho de 2019. O programa vai reunir jovens do mundo todo para estudar sobre empreendedorismo social e a resolução de conflitos.

O intuito do curso é criar uma comunidade internacional de acadêmicos que, no decorrer da experiência obtida no verão, vão adquirir  uma compreensão prática do que é preciso para um futuro mais pacífico. Por isso, os participantes vão receber treinamento sobre como formar equipes, como falar em público, como mediar conflitos e como trabalhar em conjunto para solucionar problemas internacionais.

Ainda não foi informado sobre a quantidade de bolsas de estudo oferecidas. Porém nas últimas edições do programa foram abertas 15 vagas para os estudantes estrangeiros.

O que a bolsa oferece 

O aporte financeiro visa cobrir despesas com transporte, acomodação, materiais do programa e certificado de participação. Já  despesas associadas ao visto para os Estados Unidos e custos do passaporte internacional não estarão inclusas no valor oferecido.

Estudantes selecionados terão despesas cobertas para programa de três semanas na Universidade de San Diego

Perfil de quem pode concorrer

Todos os interessados podem se candidatar até 07 de janeiro de 2019. Porém estudantes que nunca estiveram nos Estados Unidos receberão preferência no processo seletivo. Além disso é importante:

  • Ter entre 20 e 25 na data de início do programa
  • Estar cursando o terceiro ou o quarto ano da graduação ou ser estudante de pós-graduação em áreas ligadas a relações internacionais, diplomacia, desenvolvimento econômico internacional, etc
  • Ter potencial de liderança demonstrado na comunidade, região ou país
  • Ter um professor que possa atestar por escrito sua proficiência na língua inglesa
  • Ter um passaporte e um visto para os Estados Unidos válidos antes do programa começar.

Para saber mais informações sobre a inscrição continue lendo este artigo no Estudar Fora, portal de carreiras da Fundação Estudar. 

Cadastre-se aqui e fique por dentro das melhores dicas do Catraca Livre

Compartilhe: