CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

Acordo milionário permitirá transformar xarope de cana em maconha

Após notícia, ações de empresa subiram 50% no mercado.

Por: Redação
Crédito: Creative-Family / iStockTecnologia permitirá produzir maconha sem necessidade do plantio de cannabis

A empresa Amyris – que trabalha com leveduras modificadas geneticamente – anunciou na terça feira, 5, acordo de US$ 225 milhões (aproximadamente R$ 833 milhões) que permitirá produzir maconha sem a necessidade do plantio de cannabis. Após a notícia, as ações da firma chegaram a subir 50% no mercado.

A companhia utilizará tecnologia de fermentação para transformar xarope de cana-de-açúcar em componentes ativos encontrados na maconha, como aponta matéria do O Globo.

A partir desses ingredientes é possível fazer bebidas e cosméticos, por exemplo, mas a Amyris pretende focar na  produção do canabidiol (CBD), molécula usada para tratar condições médicas como ansiedade e insônia. A substância tem uso terapêutico e não é psicoativa, diferente do THC, molécula alucinógena que causa o “barato”.

“Assim como nossas parceiras, temos a missão de nos tornar líder em produtos CBD de fontes sustentáveis no curto prazo” disse o CEO da Amyris, John Melo, em comunicado.

Outras empresas estão investindo pesado em estudos e produção do canabidiol para uso em diversos produtos cujo uso é legalizado em países como Canadá e Estados Unidos. Leia a matéria completa no O Globo.

Compartilhe:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.