Últimas notícias:

Loading...

Após repercussão do caso Melhem, Dani Calabresa recebe flores em casa

A atriz ganhou apoio de admiradores e colegas de profissão depois de toda repercussão do episódio

Por: Redação
Ouça este conteúdo

Na última sexta-feira, 4, o caso de acusações de assédio sexual praticados pelo ator Marcius Melhem veio a tona mais uma vez depois da publicação da matéria com relatos da revista Piauí. Dani Calabresa, uma das denunciadoras, ganhou apoio de admiradores e colegas de profissão depois de toda repercussão do episódio.

Após repercussão do caso Melhem, Dani Calabresa recebe flores em casa
Crédito: Reprodução/InstagramApós repercussão do caso Melhem, Dani Calabresa recebe flores em casa

Nas redes sociais, a famosa  postou uma foto de um buquê de flores, mas sem identificar o remente. Gratificada com o carinho, ela disse sucintamente “obrigada” seguido de um coração.

Depois do caso se tornar uma das principais notícias do país, a comediante veio a público, através de seus Instagram falar pela primeira vez sobre o episódio. Ela afirmou que necessitou denunciar os assédios morais e sexuais sofridos para que pudesse recuperar sua saúde mental.

Na postagem realizada em seu perfil, ela conta que nunca quis ser vista como uma vítima dos assédios cometidos por Melhem e, por isso, não foi para a imprensa para denunciar o caso anteriormente. “Tomei as medidas cabíveis para conseguir ajuda. Tudo é muito difícil, dá medo, vergonha, mas temos que lutar por respeito e justiça. Não passarão. Assédio é crime!”, declarou Dani.

Como denunciar caso de assédio sexual

  • Peça ajuda a quem estiver por perto e acione policiais que estiverem no local. Depois, registre um boletim de ocorrência na delegacia mais próxima. Casos assim não podem ser registrados por boletim de ocorrência online;
  • Guarde todas as informações que conseguir referentes ao assédio: anote o dia, horário e local, nome e contato de testemunhas, características do agressor, tire fotos, filme etc. Verifique também se há câmeras no local do crime, pois, a partir disso, as imagens poderão ser solicitadas. Quando fizer o boletim de ocorrência ou qualquer outro tipo de denúncia, é importante levar o maior número de provas do ocorrido. Isso inclui vídeos e fotos no celular, testemunhas, conversas em redes sociais, entre outras. As autoridades policiais precisam de material para conduzir a investigação e a depender do caso, repassar para o Ministério Público. Muitos casos não seguem por falta de provas ou falta de indícios de quem é o autor;
  • Infelizmente, é comum o uso de drogas como “Boa Noite Cinderela” e outras para que a vítima fique sonolenta e mais suscetível ao estupro. Caso o abuso tenha ocorrido através desta prática, é importante que a vítima faça o Exame Toxicológico (através de exame de sangue e urina) em no máximo 5 dias após a ingestão. O ideal é realizar o exame o quanto antes possível;
  • Você pode fazer uma denúncia pelos telefones da Polícia Militar (190) e do Disque 180;
  • É importante ressaltar que a autoridade policial não pode se recusar a registrar a ocorrência. Infelizmente, há casos em que a autoridade policial tenta dissuadir a vítima de fazer o boletim. Caso isso aconteça, registre uma reclamação na ouvidoria do órgão em que ocorreu a recusa. Sendo ineficaz, procure o Ministério Público local para denunciar a recusa e o crime.