Últimas notícias:

Loading...

Bolsonaro é proibido de ir ao Lollapalooza; entenda:

Máscara e vacina serão obrigatórias; Confira as regras adotadas pelo festival

Dada as últimas determinações de segurança contra covid-19 adotadas pelos organizadores do festival Lollapalooza, que acontece em São Paulo entre 25 e 27 de março, o presidente Jair Bolsonaro (PL) não poderá participar do evento.

Crédito: Divulgação e Agência BrasilBolsonaro é proibido de ir ao Lollapalooza; entenda:

Mas você, caro amigo leitor, deve estar se perguntando por qual motivo? Bom, fique ligado você também para não acabar de fora do evento por negacionismo.

A questão é que o Lollapalooza Brasil anunciou, nesta quinta-feira, 17, as medidas de segurança que vai adotar para evitar o contágio por covid-19 e dentre elas estão:

  • Exigência obrigatória do comprovante de vacinação (físico ou virtual) com, no mínimo, as duas doses da vacina contra a Covid-19.
  • Uso de máscaras dentro do evento, durante os shows

Para quem ainda não entendeu porque isso deixa Bolsonaro de fora do evento, vamos lembrar. O presidente colocou um sigilo de 100 anos na sua carteira de vacinação. Bom, e uso de máscaras ele não curte muito e não faz muito. Só quando vai pra outros países, mesmo. Recentemente, para entrar na Rússia, ele usou máscara e ainda levou teste negativo de covid, um exemplo que ele não dá por aqui.

Voltando ao mais importante, aqui, o Lollapalooza informou que a retirada da máscara só será permitida para o consumo de alimentos e bebidas. Além disso, serão disponibilizados pontos de álcool em gel nas dependências do Autódromo de Interlagos, onde o evento acontecerá.

O Lollapalooza está seguindo as recomendações do Governo do Estado de São Paulo e do Município de São Paulo, referentes aos protocolos de segurança contra a COVID-19 e reforçou: “Mais uma vez, reforçamos a importância de todos estarem com o esquema vacinal completo de acordo com o calendário de vacinação do Município de São Paulo”.

Compartilhe:

?>