Bruna Marquezine se defende após declarar voto contra Bolsonaro

A atriz aderiu à campanha "Ele Não" contra a candidatura do deputado à presidência

Por: Redação
Bruna Marquezine Bolsonaro
Crédito: Reprodução/FotomontagemBruna Marquezine aderiu à campanha “Ele Não” contra Jair Bolsonaro

A atriz Bruna Marquezine rebateu um comentário ofensivo feito por um internauta nas redes sociais, minimizando uma declaração proferida pela mesma, que se manifestou contrária à candidatura de Jair Bolsonaro (PSL-RJ) à presidência da República.

Ao tentar desmerecer a opinião de Marquezine, o internauta comparou o desempenho da seleção brasileira, e mais especificamente de seu namorado, Neymar, durante a Copa do Mundo da Rússia, misturando política com futebol, em uma analogia considerada desconexa pela artista.

“Bruna Marquezine, minha querida, se seu apoio fizesse alguma diferença, o Brasil teria ganhado a Copa, né? Quietinha”, escreveu a pessoa nas comunidades virtuais da web.

Sempre atenta ao que estão falando sobre si e em que estão envolvendo seu nome, a famosa não deixou passar batido e respondeu à altura,

“Eu não conheço essa pessoa, mas ainda vivemos numa democracia e numa democracia a gente não faz ‘shhh’ e nem ‘quietinha’ pra opinião política alheia. Pessoas civilizadas respeitam as opiniões e as escolhas do outro, sem deboche”, iniciou a atriz.

“E para todos sem criatividade que estão copiando essa tentativa de piada sem nexo, sem sentido, desrespeitosa e infantil, vale lembrar que eu não estava em campo com a seleção e que copa e eleição são coisas MUITO diferentes. Minha opinião importa sim, como a de todo cidadão brasileiro”, completou.

Bruna Marquezine
Crédito: Reprodução/InstagramBruna Marquezine rebate críticas de internauta que desmereceu sua opinião contra o deputado Jair Bolsonaro

Entenda

Na última segunda-feira, 17, Bruna Marquezine se juntou a dezenas de celebridades, principalmente mulheres, que, junto com milhares de anônimos, viralizaram a hashtag “Ele Não”, que diz “não” ao presidenciável Jair Bolsonaro.

Ao se manifestar publicamente de maneira contrária ao político em sua conta no Instagram, a artista compartilhou um post de Maria Ribeiro, que embasa o porquê de sua decisão.

“Pra não ficar uma frase solta que está sendo repetida por geral: apesar de respeitar as eleitoras do Bolsonaro, e depois de ouvir que muitas votam nele por uma defesa da família, queria dizer que: 1 – considerar ter uma filha mulher ‘menor’ do que ter um filho homem não é família;

2 – dizer que preferiria um filho morto a um filho homossexual não é família

3 – considerar a gravidez um motivo para que as mulheres ganhem menos não é família, até porque muitos lares no Brasil são tocados sem a figura paterna.

Família é amor incondicional, galera. E nem sempre isso tem a ver com sangue”, justificou.

bruna marquezine bolsonaro
Crédito: Reprodução/InstagramBruna Marquezine aderiu à campanha “Ele Não” contra o deputado Jair Bolsonaro

Compartilhe: