Compadre Washington sofre assalto após a Virada e é internado

Depois do show, já perto de seu hotel, o cantor do É o Tchan teve seu aparelho de celular furtado e ainda ficou com um ferimento na cabeça

Por: Redação

Uma das principais atrações da Virada Cultural 2019, o show do É o Tchan não acabou em mil maravilhas. Não, ao menos, para Compadre Washington.

Pelo Instagram, a assessoria de imprensa do líder da banda informou que o cantor sofreu uma tentativa de assalto já próximo ao hotel em que estava hospedado.

Durante o crime, o baiano ainda caiu e bateu a cabeça, sofrendo um ferimento, e rapidamente foi encaminhado ao Hospital das Clínicas, em São Paulo.

compadre washington
Crédito: Reprodução/Instagram/@compadrewashingtonCompadre Washington sofre tentativa de assalto após a Virada Cultural e está internado em SP

Leia a nota na íntegra:

“A Assessoria de Imprensa confirma que Compadre Washington, um dos vocalistas do Grupo É o Tchan, sofreu uma tentativa de assalto em São Paulo, após apresentação na capital, na madrugada deste domingo (19). O imprevisto aconteceu nas imediações do hotel em que estava hospedado, próximo a uma lanchonete que costuma frequentar. A produção da banda informou que o músico teve o seu aparelho de telefone roubado e sofreu uma queda que ocasionou um ferimento na cabeça, sendo prontamente encaminhado para uma unidade de saúde. Compadre Washington segue em observação clínica, porém fora de perigo. Todas as medidas cabíveis estão sendo providenciadas”.