Últimas notícias:

Loading...

Netflix passará a cobrar taxa de quem divide acesso com amigos

Segundo a plataforma de streaming, ter a mesma conta logada em lugares diferentes afeta a “habilidade de investir em grandes novos filmes e séries”

Por: Redação

A Netflix informou, nesta quarta-feira, 16, que passará a cobrar uma taxa extra de quem dividir seu acesso com amigos, pessoas que não moram na mesma casa. Segundo a plataforma de streaming, ter a mesma conta logada em lugares diferentes afeta a “habilidade de investir em grandes novos filmes e séries”.

Crédito: Istock/stockcamNetflix passará a cobrar taxa de quem divide acesso com amigos

A ideia da Netflix é operar, mais ou menos, como as TVs a cabo operam. A plataforma vai cobrar uma taxa de ‘ponto extra’.

Para executar o novo formato de cobrança, a Netflix irá adicionar duas novas funções nas configurações de conta dos usuários. “Adicione um membro extra”, que permitirá incluir até duas pessoas que não moram na mesma casa, mediante o pagamento de uma taxa, e a função “Transferir perfil para uma nova conta” que permitirá transferir dois perfis que estão na mesma conta para contas distintas.

As novas funções estarão disponíveis primeiro no Chile Peru e Costa Rica para testes. Esse modelo poderá ser expandido para outros países, mas ainda não há uma previsão sobre sua chegada ao Brasil.

De acordo com o informado pela Netflix, o usuário que adicionar dois membros pagará o equivalente a metade do preço do plano básico de streaming na plataforma. No Brasil, se chegar o novo formato de cobrança, isso quer dizer que para ter duas pessoas que não moram na mesma casa que o dono da conta, o usuário principal da conta pagará R$ 13,00. O valor do plano básico no país é  R$ 26,00.

A medida testada pela Netflix acontece após a gigante do streaming ver seu ritmo de crescimento diminuir drasticamente em 2021. No ano passado, a plataforma obteve 18,2 milhões de novos assinantes. Em 2020, foram 37 milhões, o que aponta uma queda de 51% se comparando os dois anos. Além disso, o lucro líquido também caiu bastante. Entre o terceiro e quarto trimestre de 2021 o lucro líquido caiu 58%, indo de US$ 1,4 bilhão para US$ 607 milhões.

A Netflix tem 221,84 milhões de assinantes no mundo todo.

Compartilhe:

?>