Netflix: ‘Minha obra-prima’ – comédia argentina sobre arte e amizade

Por: Jacqueline Cordeiro | Comunicar erro

O cinema argentino nos presenteia com mais um grande filme disponível agora na Netflix: “Minha obra-prima” é um filme para rir, mas também para se emocionar e refletir.

O roteiro nos propõe um desafio: como eu agiria na mesma situação em que os personagens se encontram? O espectador é levado a pensar também sobre padrões impostos pelo mercado de consumo e sobre o amor em uma grande amizade.

Crédito: Divulgação/Netflix 

A história gira em torno de dois amigos de longa data, Renzo, um pintor que já teve seu momento de glória no tão controvertido mercado das artes plásticas e Arturo Silva, seu galerista, mais conectado e flexível às propostas desse jogo de consumo.

Renzo está fora desse jogo, cada vez mais acuado pelos artistas contemporâneos. É arrogante,  extremamente fiel aos seus princípios e não quer nem saber de mudar seu estilo para se ajustar às novas demandas. Enquanto isso Arturo faz o possível e o inimaginável para valorizar os quadros do amigo e vendê-los, preocupado com o estado de penúria em que Renzo se encontra.

Crédito: Divulgação/Netflix 

O humor surge da criação da figura do artista pobre e teimoso em conflito com o amigo que tenta ajudá-lo – sem perder de vista o gosto pelo lucro –  e das aventuras que decorrem disso. A atuação de Luis Brandoni como Renzo e de Guillermo Francella como Arturo são excepcionais. Dois grandes atores maduros que encarnam seus personagens com todas as nuances e as incoerências humanas.

Como pano de fundo, Buenos Aires, que assim como os seres humanos, tem sua beleza e complexidade desenhadas pelas contradições. Nada e nem ninguém é exclusivamente bom ou mau.

Crédito: Divulgação/Netflix 

O filme traz questões importantes de forma engraçada e irônica, como por exemplo:
O que é uma obra de arte? Qual o seu preço? Um artista deve se adaptar às demandas do mercado?  Quanto uma estratégia de marketing pode alavancar a carreira de um artista e os valores de sua obra? Isso é ético? E por fim, quanto vale uma verdadeira amizade?

“Minha obra-prima” é imperdível e cumpre algumas das possíveis funções da arte: diverte e faz pensar.

Autor: Jacqueline Cordeiro

1 / 8
1
04:47
Entenda como o fogo na Amazônia virou uma crise internacional
O fogo que consome a Amazônia, maior floresta tropical do mundo, já representa 52,5% de todas as queimadas registradas no …
2
02:58
Como se prevenir de doenças
Você sabe o que são as doenças crônicas não transmissíveis? Hoje, a Dra. Aline Oliveira, médica de família, fala sobre ações …
3
03:13
Kinoplex: o cinema sem defeitos em São Paulo!
Quem disse que cinema de shopping é tudo igual? São Paulo acaba de ganhar um espaço exclusivo, com seis salas …
4
08:59
Vinicius Poit defende Salles como ministro do Meio Ambiente
O deputado federal Vinicius Poit (NOVO-SP) defendeu a permanência de Ricardo Salles como ministro do Meio Ambiente no Governo Bolsonaro. …
5
02:28
Quais são os sintomas que são gerados pelo estresse?
Com a correria do dia-a-dia somos facilmente pegos pelo estresse. E o nosso corpo indica sinais de que estamos fisicamente …
6
03:52
Surge o BolsoLula: os mesmos vícios da velha política brasileira
No vídeo, o jornalista Gilberto Dimenstein explica o conceito da expressão 'BolsoLula' e analisa as consequências da interferência política exercida …
7
04:15
Como os Beatles mudaram minha vida: parte 1
Como seria o mundo sem a inovação e energia que a música ganhou pós-Beatles. Imaginou? E se as pessoas também …
8
03:02
Jair Bolsonaro é louco, ignorante ou irresponsável?
O presidente Jair Bolsonaro fez um pronunciamento nesta quarta-feira, 21, apontando que ONGs poderiam estar por trás das queimadas na …