Últimas notícias:

Loading...

Novidades Netflix: três maravilhosos tesouros

A Netflix oferece isso de bandeja: ficar em casa e assistir a filmes que são referências em rodas de conversa até hoje: os famosos clássicos que são pop. Verdadeiros tesouros.

A crítica de cinema da Veja, Isabela Boscov reuniu três desses sucessos do passado que vamos compartilhar aqui e agora! Se você não viu, esta é sua chance.

“Mad Max”  de 1979 mostra um planeta onde as pessoas estão em guerra brigando por algo em extinção: combustível. Um cenário que se desenhou na década de 70, mas que está cada vez mais próximo de acontecer. Inclusive com outras fontes de energia e vida, como a água.

É um filme de ação e tem cenas violentas, mas nos coloca para refletir sobre o futuro da civilização moderna e a questão do fim de resursos naturais. O ator principal é um novato na época: nada mais nada menos que Mel Gibson.

“Mad Max” –  Netflix”

Outro filmaço do passado que ressurgiu na nossa contemporânea plataforma Netflix é “O Fugitivo”, de 1993.

O cirurgião Richard Kimble (Harrison Ford) é acusado injustamente de matar sua mulher e é perseguido de forma implacável por Samuel Gerard (Tommy Lee Jones).  É uma caçada tipo gato e rato recheada de jogadas inteligentes e criativas. Foi ndicado a 7 Oscars e Tommy Lee Jones levou a estatueta como melhor ator coadjuvante em 1994.

“O Fugitivo” – Netflix

Mais uma maravilha que agora está disponível e que não dá prá não ter assistido na vida é “À Espera de um Milagre” de 1999. São dois atores maravilhosos em cena: Tom Hanks e Michael Clarke Duncan. O roteiro trata da delicada relação e o dilema moral que se estabelece entre carcereiros e presos no corredor da morte no sistema prisional dos anos 30, no Sul dos Estados Unidos.

Não vamos dar spoiler, mas tem ação, drama psicológico e até uma pitada de mistério.

“À espera de um Milagre” – Tom Hanks e Michael Clarke Duncan  – Netflix

Bom divertimento!

Compartilhe: