Repórter de afiliada da Globo é agredido durante reportagem em MG

Arcênio Corrêa é repórter da TV Integração, afiliada da Globo em Minas Gerais; No momento da reportagem, ele abordava o tema eleições 2020

Por: Redação
Ouça este conteúdo

Na manhã desta quinta-feira, 29, o repórter Arcênio Corrêa foi agredido durante uma reportagem para a TV Integração, afiliada da Globo em Minas Gerais. Ele recebeu um mata-leão enquanto conversava com funcionários do Pronto Atendimento de Saúde Municipal na cidade de Prata, quem o ajudou nesta emboscada foi cinegrafista.

Repórter da Globo é agredido durante reportagem em MG
Crédito: Reprodução/TwitterRepórter da Globo é agredido durante reportagem em MG

Na hora da entrevista, um homem que se identificou como médico de nome Jaquenes Melo foi tomar satisfação com a equipe. Na conversa, ele foi pra cima do repórter e tentou tomar o celular e o microfone do repórter.

O outro homem que não foi identificado, segurou o repórter por trás e o enforcou. O cinegrafista Stanley Matias deixou a câmera ligada e foi tentar separar os dois. Neste momento, ele quase recebeu um soco de um dos agressores.

A equipe da TV Integração chamou a Polícia Militar e registrou um boletim de ocorrência para fazer o exame de corpo de delito. O repórter está bem.

Anuar Arantes Amuy (MDB), prefeito de Prata, disse que vai abrir um procedimento administrativo para apurar o que ocorreu e punir os dois agressores, que eram funcionários do local.

Arcênio Corrêa conversava com moradores para explicar qual era a situação do prédio do posto de saúde na cidade. O diretor de Jornalismo da afiliada da Globo em Uberlândia, Paulo Eduardo Vieira, lamentou o que aconteceu.

“Exatamente quando ampliamos nossa cobertura para divulgar as propostas dos candidatos a prefeito de mais cidades de nossa área de cobertura ocorre algo lamentável assim”, disse ele, em entrevista ao site G1.

Confira o vídeo do momento da agressão

Compartilhe: