Web quer que Arthur Aguiar vingue Whindersson por suposta traição de Sonza

Internautas chegaram a criar uma petição online, super machista, para que a vingança aconteça

Por: Redação
Ouça este conteúdo

Na noite da última quinta-feira, 10, os cantores Luísa Sonza e Vitão revelaram para o mundo que estão juntos. Infelizes com a novidade, fãs de Whindersson Nunes, ex-marido de Luísa, criaram uma petição bem machista pedindo para que Arthur Aguiar vingue o comediante, por uma suposta traição que ele teria sofrido enquanto era casado com a cantora.

O ator é conhecido por ter assumido que traiu diversas vezes sua ex-esposa, Mayra Cardi.

petição machista quer que arthur aguiar vingue whindersson nunes por suposta traição de luisa sonza
Crédito: Reprodução/InstagramPetição machista quer que Arthur Aguiar vingue Whindersson Nunes por suposta traição de Luísa Sonza

A petição envolvendo Arthur Aguiar acontece porque os fãs acreditam que Luísa tenha traído Whindersson com Vitão antes de terminar o relacionamento. Mas, vale ressaltar que o anúncio o fim do casamento dos dois foi em abril e os rumores de Luísa e Vitão só surgiram em junho.

O casal Luísa e Vitão

Antes mesmo das publicações assumindo o namoro, já havia indícios que eles estavam juntos, porém preferiram guardar o segredo e sempre negavam o romance, alegando ser bons amigos.

O assunto bombou nas redes e os três se tornaram o assunto mais comentado no Twitter. Aliás, através da sua conta, Luísa aproveitar para mandar o recado:  “Gostou tá gostado, não gostou pode surtar”.

Não muito tempo depois da revelação do novo casal, Whindersson, o ex, foi para o Twitter comentar sobre a situação. De primeira, ele mandou uma imagem do Pernalonga com carinha de triste.

Mas, era só uma alfinetada básica mesmo. Aparentemente, os dois seguem tranquilos, diferentemente do fã clube dele que se sempre tomam as dores. O youtuber curtiu a publicação tanto de Luísa, quanto de Vitão no Instagram.

Por que é importante lutar contra o machismo?

O machismo é uma problemática que está enraizada na sociedade desde sempre. Não é de hoje que mulheres são colocadas em posições inferiores a homens, tens seus corpos objetificados, suas carreiras interrompidas, vozes silenciadas e são mortas por simplesmente serem mulheres. Mas, hoje existem maneiras de lutar contra toda essa agressividade.

Os movimentos feministas estão mostrando que a luta contra o machismo é urgente e emergente. O aumento de denúncias de violência doméstica, violência sexual demonstra a força de mulheres guerreiras que não estão mais afim de estar por baixo, afinal, o que mulheres mais querem é apenas igualdade e a dignidade que ainda as falta em diversos âmbitos da sociedade.

Saiba mais aqui.