Últimas notícias:

Loading...

Whatsapp, Facebook e Instagram caíram, mas e a autoestima, como vai?

3 pontos para levantar autoestima como um foguete

Por: Redação

Eita segunda-feira agitada essa. Whatsapp, Facebook e Instagram caíram, milhares de pessoas afetadas, mas longe das redes sociais, fica mais fácil se conectar com sigo mesmo e refletir: E essa autoestima, como que anda, em?!

Crédito: Reprodução/giphyWhatsapp, Facebook e Instagram caíram, mas e a autoestima, como vai?

Pensar sobre autoestima para além das redes sociais tem ainda mais valor longe de likes, mensagens, compartilhamentos e toda aquela parafernália que elas nos trazem ao nos permitem dar aquela biscoitada, básica.

Para ajudar neste processo, elencamos 3 pontos para levantar sua autoestima como um foguete.

1 – Crush não correspondido

Quem nunca viveu aquela sofrência por um crush não correspondido que atire a primeira pedra. (Pedras não foram atiradas, pois obviamente, ninguém passou por essa vida sem uma desilução amorosa).

Viver essa situação é desagradável, triste e, as vezes, bastante dolorido. Porém, tenho absoluta e total certeza: O PROBLEMA NÃO ESTÁ EM VOCÊ. Não é porque aquele crush não te dá bola como você gostaria, que você não é bonito o suficiente, gostoso o suficiente, legal o suficiente, ou inteligente o suficiente. Não é sobre isso.

Você é o máximo. Não foi para esse crush, mas nesse mundão tem muita gente. Bota essa fila pra andar, que vai aparecer uma nova pessoa, por mais que você desacredite disso no começo.

2 – “Corpinho gente, mas não era isso exatamente”

Ah, mas quem não teve crise existencial com o próprio corpo, a própria aparência nem viveu, né?! Sabe quando você se olha no espelho e não gosta do que vê? É nessa hora que adotar praticas de autocuidado vão te ajudar a se enxergar com mais carinho.

Se dê um dia de autocuidado. faça massagem, corte o cabelo, coloque uma roupa beeeem menininha e tome um vinho gostoso no sofá da sua sala se sentindo a própria Hebe Camargo

Se olhe com atenção, veja cada detalhe de você mesmo, perceba o quanto você é único. A beleza está nos detalhes também.

3 – Trabalhar é preciso, mas tem chefe que faz a gente se perguntar…

Nada pior do que estar em um ambiente de trabalho onde você é desacreditado, desencorajado e muitas vezes subjulgado. As vezes, escrever isso soa até absurdo, mas a gente sabe que é mais comum do que o que imaginamos.

Numa situação como essa só tem uma coisa a ser feita de imediato: TENHA CALMA.

Não deixar que um chefe ruim, ou uma empresa toda com más práticas destruam sua autoestima, passa por saber que o trabalho é um espectro da sua vida, mas não o único. Tendo certeza disso fica tudo mais fácil. Depois, bora arregaçar essas mangas, arrumar o currículo, portfólio, LinkedIn e ir em busca de um novo lugar pra chamar de trampo.

É claro que isso pode não acontecer com a velocidade que gostaríamos, mas daí voltamos a importância de exercitar a calma, buscar o diálogo no atual emprego para minimizar danos. O importante é não se sentir obrigado a permanecer num lugar ruim para tua saúde mental, acreditar que não tem jeito.