Últimas notícias:

Loading...

Whindersson Nunes desabafa e volta a falar sobre depressão na web

O humorista disse que está com a "cabeça perturbada demais” e falou sobre remédios para tratamento da doença

Por: Redação
Ouça este conteúdo

Whindersson Nunes desabafou, nesta terça-feira, 10, e voltou a falar sobre depressão, em seu perfil no Instagram. O humorista disse que está com a cabeça “perturbada demais” e em sua conta do Twitter, afirmou que seu dia “não está sendo fácil” e que “conversou com muita gente”.

whindersson nunes depressão
Crédito: ReproduçãoWhindersson Nunes desabafa e volta a falar sobre depressão na web

Pela função stories do Instagram, Whindersson Nunes foi questionado por um seguidor sobre qual o momento mais difícil de sua carreira. “Escrevi muitas coisas aqui, mas apaguei porque, as vezes, eu esqueço que tem milhões de pessoas vendo. Mas eu acho que hoje é a parte mais difícil. Eu amei conquistar, ganhar, vencer, crescer, nada disso foi difícil para mim, eu amei. Mas hoje a minha cabeça está perturbada demais, acho que essa é a parte mais difícil”, relatou o humorista.

Crédito: Reprodução/InstagramWhindersson Nunes desabafa e volta a falar sobre depressão na web

Whindersson Nunes também foi perguntado por outro seguidor se havia se curado da depressão e falou abertamente sobre o uso de medicamento para tratar a doença. “Depressão é uma doença. Não tomar remédio para uma doença é como andar com uma ferida aberta por aí, é fácil se contaminar, se afetar”, comentou o humorista.

Ainda sobre depressão, Whindersson Nunes completou: “E você toma coisas todos os dias e não sabe, às vezes, que até te fazem mal, por que não tomar uma paradinha que vai ajudar você a se curar? Está tudo certo, irmão, tomar remédio não significa estar mal, significa que você se importa com você”.

Crédito: Reprodução/InstagramWhindersson Nunes desabafa e volta a falar sobre depressão na web

Já pelo Twitter, o humorista disse que a terça-feira não está sendo fácil. “Já conversei com tanta gente”, contou Whindersson Nunes. “Hoje não tá sendo fácil pra mim”, acrescentou o artista.

Depressão

É normal sentir-se para baixo vez ou outra, mas depressão é mais que isso, é uma doença mental que causa alterações químicas no cérebro, provocando baixa da auto-estima, sentimentos de culpa e de fracasso. Pessoas que passaram por eventos adversos durante a vida (desemprego, luto, trauma psicológico) são mais propensas a desenvolver a doença.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a depressão atinge hoje 300 milhões de pessoas em todo o mudo e pode se tornar a doença mais incapacitante até 2020.

Os sintomas da depressão nem sempre são tão óbvios quanto o choro frequente e o desespero. Muitas vezes as mudanças são sutis, e a pessoa pode não notar, mas seus amigos e entes queridos geralmente percebem algo diferente.

ilustração mostra um homem com um guarda-chuva sozinho
Crédito: Kevinhillillustration/istockIsolamento social é uma das características da depressão

Por não ter um padrão único, os sintomas da depressão podem progredir gradualmente desde o leve, como evitar atividades sociais, até os mais graves, como pensamento suicida. A progressão varia de pessoa para pessoa.

Confira abaixo alguns sinais que ajudam a reconhecer a depressão. Esses sintomas podem ser isolados ou somatizados:

1. Tristeza profunda

A depressão é uma tristeza profunda e muitas vezes, sem motivo aparente. Mesmo se algo maravilhoso acontecer ou estiver acontecendo, a pessoa continuará triste. Quem sofre de depressão, costuma sentir por, pelo menos, duas semanas uma tristeza contínua e tem pensamentos repetitivos sobre a razão da tristeza.

Para saber 8 sintomas de depressão para ficar atento, clique aqui.