Últimas notícias:

Loading...

Xuxa ataca Bolsonaro, acusa de proteger os filhos e defende vacina

"O nosso desgoverno virou piada e chacota no mundo todo, é vergonhoso ver o mundo rir do nosso país", disse a apresentadora

Por: Redação
Ouça este conteúdo

No último sábado, 9, em sua coluna da Vogue, a apresentadora Xuxa Meneghel criticou severamente o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) , o acusando de proteger os filhos e de fazer um “desgoverno” no país.

Xuxa ataca Bolsonaro, acusa de proteger os filhos e defende vacina
Crédito: Reprodução/InstagramXuxa ataca Bolsonaro, acusa de proteger os filhos e defende vacina

Na publicação, ela ainda defendeu a vacina contra a covid-19 e fez lamentações sobre as milhões de fake news a respeito da imunização. Ela apontou o próprio presidente como desestimulador da iniciativa.

“Um ministro da Saúde foi arrancado [por Bolsonaro] porque nos falava a verdade, o outro porque não quis compactuar com um remédio que a eficácia não foi comprovada […] Você acha que acaba por aí? Não. Cada dia tem mais. A família que não pode ser ‘tocada’, tudo para proteção de seus filhos. Se não há nada a temer, por que não deixam revirarem tudo? Por que não cooperam com a PF [Polícia Federal do Brasil]? Pelo contrário, trocam todas as pessoas que são contra seus pensamentos”, escreveu Xuxa.

“O nosso desgoverno virou piada e chacota no mundo todo, é vergonhoso ver o mundo rir do nosso país. Tem muita gente ainda que diz que o ama e, pasmem, o chamam de ‘mito’, riem das nossas leis”, acrescentou. Na visão de Xuxa, o Brasil não é igual os demais países já que o “presidente ri de tudo: do ozônio, tira sarro com o uso de máscaras, chama a pandemia de ‘gripezinha’, diz que todos um dia vão morrer, não é mesmo?”.

Ainda no blog, Xuxa fala também que não entende quem ainda não respeita as orientações da OMS (Organização Mundial da Saúde) e coloca a culpa na gestão Bolsonaro pelas rede de desinformações relacionada às vacinas.

“O assunto é sério, nunca imaginei que esse desgoverno pudesse desestimular o povo a se vacinar. Não sei onde essas pessoas estão com a cabeça […] Vejo alguns bares cheios e me pergunto onde esse povo vive? Como podem fazer isso? Milhares de pessoas já morreram no mundo e no nosso país não é diferente.”

“Hoje me vejo contando os dias para essa vacina sair. Já pensei em ir para São Paulo com Ju [Junno Andrade, seu namorado] e tomar lá, já pensei tanta coisa menos em não ser vacinada. Ouvi tanta gente ignorante falando que ela daria doenças, teria um chip… Mas o pior é saber que tem pessoas que estão na dúvida se vacinam ou não porque ela é da China ou da Inglaterra.”

A apresentadora relembrou de uma campanha que ela realizou para alertar sobre paralisia infantil. No final, ela citou a música “See You Later Alligator”, clássico de Bobby Charles, para dar o recado sobre a vacina — resgatando a fake news que já ganhou meme de que quem tomasse a vacina da CoronaVac viraria um jacaré.

“Há muito tempo eu fiz uma campanha que dizia: ‘Gotinha, gotinha e tchau tchau paralisia infantil’. E hoje eu digo: ‘Vacina, vacina e tchau tchau aos mitos. PS: ‘See you later, Alligator [Vejo você depois, jacaré]'”, finaliza.

Compartilhe: