Equilibre-se
Equilibre-se
Equilibre-se
logo

Equilibre-se

Arteterapia usa artes plásticas e visuais para promover a saúde

Quando faltam palavras para expressar nossos sentimentos, a arte pode ajudar; saiba como

Por: Redação
Ouça este conteúdo
Crédito: Pexels/PixabayArteterapia usa artes plásticas e visuais para promover a saúde

Assim como a musicoterapia, a arteterapia aposta nas artes –em especial, as plásticas e visuais– para melhorar a saúde e o bem-estar.

A arteterapeuta Ângela Philippini afirma que essa terapia pode ser usada com sucesso desde a infância até a terceira idade. “Tem ampla elegibilidade”, explica.

Para ela, muitas pessoas acreditam que não podem praticar arteterapia por não entenderem de pintura ou de desenho ou por não terem talento. “Mas estamos falando de arte como o processo criativo mais amplo que você puder conceber. Às vezes, uma pequena linha torta será mais que suficiente para alguém comunicar o que precisa comunicar naquele momento.”

Crédito: Reprodução/@Canal Saúde Oficial/YouTubeArteterapia usa artes plásticas e visuais para promover a saúde

A especialista lembra que podemos atravessar situações em que a palavra pode não dar conta de expressar nossos sentimentos. “Nem tudo conseguimos falar –ou porque temos muita vergonha, ou porque é doloroso, ou porque simplesmente reprimimos e esquecemos, sequer nos dando conta que isso está guardado no mundo emocional.” Isso não pode ser transformado em palavras, mas pode ser transformado em imagens.

Durante a terapia, as formas e as cores dão indícios de como a pessoa está em um determinado momento. Conforme mudam, mostram transformações que podem ser alcançadas.

Materiais

A existência ou não de diálogo com o terapeuta depende da vontade do paciente em falar. “Algumas pessoas não querem falar rigorosamente nada porque não lembram ou não sabem”, observa Ângela.

Sobre as ferramentas utilizadas na arteterapia, ela explica que cada pessoa tem um estilo criativo. “Observamos quais canais sensoriais são mais abertos naquela pessoa. Algumas são mais visuais, outras mais táteis. Sentem-se melhor com alguns materiais e outros, não.” Assim pode ser determinado o tipo de arte que será desenvolvido.

PICs no SUS

A arteterapia é uma das Práticas Integrativas e Complementares (PICs) oferecidas pelo SUS (Sistema Único de Saúde) de forma gratuita.

O Brasil é referência mundial na área de práticas integrativas e complementares, disponíveis no SUS desde 2006. Veja abaixo outros tratamentos assegurados pelo sistema público:

Apiterapia

Aromaterapia

Ayurveda

– Biodança

– Bioenergética

– Constelação familiar

Cromoterapia

– Dança circular

– Geoterapia

– Hipnoterapia

– Homeopatia

– Imposição de mãos

– Medicina antroposófica / antroposofia aplicada à saúde

– Medicina tradicional chinesa (acupuntura)

Meditação

Musicoterapia

– Naturopatia

– Osteopatia

– Ozonioterapia

– Plantas medicinais (fitoterapia)

– Quiropraxia

– Reflexoterapia

– Reiki

– Shantala

– Terapia Comunitária Integrativa

– Terapia de florais

– Termalismo social / crenoterapia

Fontes: Fiocruz e Ministério da Saúde

Compartilhe: