Dicas fazem a diferença na hora de consumir sua infusão preferida

Experimente focar no sabor e receber indiretamente os benefícios dos chás e das mais diversas infusões para a saúde

Por: Redação
Crédito: Maria Tyutina/PexelsChá e infusão trazem benefícios à saúde e ao paladar

Não passa uma só estação sem que surja um “chá milagroso”. Hortelã, rooibos, hibisco, oolong, salsinha… todos têm ou já tiveram a sua vez de “queridinhos” do momento desde que o boldo da vovó saiu de cena. Muitos estudos têm mostrado que, sim, existe uma variedade de benefícios à saúde, mas vale não esquecer o sabor da infusão.

Dentro dessa diversidade de elementos, cabe escolher o momento certo do dia e qual é o objetivo. A ingestão dessas bebidas pode promover a saúde do corpo –devido a propriedades fitoterápicas–, a concentração e a atividade mental –pelas qualidades estimulantes– e também o bem-estar emocional –um copo quente em um dia chuvoso.

Que horas são?

Não há hora certa para tomar um chá –apesar de os ingleses insistirem no contrário. O importante é escolher a erva certa para aquele momento. Uma planta com cafeína vai cair bem pela manhã ou em ocasiões que requeiram concentração. Em compensação, algumas infusões podem ajudar a conseguir uma boa noite de sono.

Mundialmente famosos, os chás branco, verde e preto, todos da mesma planta, a Camelia sinensis, possuem o mesmo componente presente no café. A erva-mate, nativa da América do Sul, também. Essa substância comum faz delas bons estimulantes naturais, ideais para despertar e manter o foco em trabalhos complexos.

Crédito: Daniel Capel/PixabayChimarrão, tradicional no sul do Brasil, é fonte de cafeína

Após o anoitecer, porém, recomenda-se a busca por bebidas descafeinadas –se o seu objetivo for dormir, é claro. Tradicionalmente, é a camomila que pensamos quando a intenção é ter tranquilidade e desacelerar.

Os nutrientes dessa erva estão ligados a um efeito tranquilizante natural que trabalha para desacelerar a mente no fim de um dia agitado e proteger o estômago. Erva-cidreira costuma ser citada como calmante e contra o estresse. Na mesma toada, a passiflora ajuda a relaxar e combate a insônia.

Um torrão de açúcar?

Normalmente, as notícias sobre chás e infusões são vistas em editorias de saúde ou beleza, apresentando os poderes recém-descobertos de uma planta que geralmente nunca ouvimos falar antes.

Como a bebida é diurética, ela ajuda a impedir a retenção de líquidos e o inchaço do corpo e não é supercalórica. Apesar de originalmente ter poucas calorias, o uso de açúcar, melaço ou mel para adoçar uma infusão pode mudar essa característica da bebida.

Crédito: Valeria Boltneva/PexelsChás e infusões podem ser adoçados de diversas maneiras

Em pesquisas, nem todos os chás apresentam bom desempenho para o emagrecimento. As bebidas com cafeína, como a erva-mate, costumam expor melhor desempenho nesse quesito.

Emagrecer ou engordar, no entanto, estão relacionados a diversos fatores: alimentação, sedentarismo e predisposição genética, entre outros. Por isso, mesmo que auxilie na redução de peso em alguns casos, agrade o seu paladar e cuide da saúde sem esperar milagres.

Quente ou frio?

Chás podem ser consumidos quentes ou frios, mesmo que tradicionalmente optemos por uma ou outra versão. Costuma-se escolher o oposto do apresentado pelo ambiente, por exemplo, uma infusão fumegante em uma noite congelante.

Crédito: Olga Mironova/PexelsNo frio, a opção costuma ser por bebida quente

Existem, no entanto, alguns segredos para extrair o sabor das plantas e conseguir uma boa infusão.

Ao produzir uma bebida quente, não deixe a água ferver. Em um chá com gosto mais sutil, isso faz toda a diferença.

Deixe o ingrediente imerso por aproximadamente três minutos. Nas bebidas frias, é habitual fazê-las quentes e depois resfriá-las. Entretanto, é possível preparar com água à temperatura ambiente ou gelada, recorrendo a mais tempo de imersão.

Quando misturar dois ou mais elementos na água, equilibre os sabores e as quantidades para extrair o melhor deles. Muito gengibre pode fazer o gosto do jasmim simplesmente desaparecer da sua xícara.

Compartilhe: