Dor após o treino é normal? Saiba quando procurar um médico

Cada organismo é um universo particular. Portanto, o ideal é entender o que está causando sua dor e, se necessário, procurar ajuda profissional

Por: Redação
Crédito: Sebastian Šoška/PixabayDor após o treino é normal? Saiba quando procurar um médico

A professora aposentada Maria Lúcia Wandelbruck, de 66 anos, se exercita com frequência e já enfrentou dor após a ginástica multifuncional que realiza duas vezes por semana. “Senti dores nas pernas, mas não precisei procurar um médico, pois dois dias depois passava”, conta. Mas como saber se essa dor é normal?

Dores após os exercícios físicos são comuns, mas, em alguns casos, o melhor a fazer é procurar um médico. Não se esqueça: há situações que variam de pessoa para pessoa, já que estamos falando de diferentes organismos e hábitos de vida.

A dor muscular sentida após um treino de musculação, por exemplo, é comum entre pessoas que ficaram muito tempo sem se exercitar ou que mudaram os exercícios acrescentando carga ou aumentando o esforço.

Crédito: Reprodução/arquivo pessoalA professora aposentada Maria Lúcia Wandelbruck

Essa dor muscular progressiva, com rigidez dos músculos, pode vir acompanhada de cansaço e apresenta seu pico de 24 a 48 horas após a atividade física, de acordo com informações da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo).

O médico Moisés Cohen, chefe do Departamento de Ortopedia e Traumatologia da Escola Paulista de Medicina da universidade, explica que esse tipo de dor é um sinal de que a musculatura está passando por um processo inflamatório de regeneração.

“É uma resposta fisiológica do organismo e indica que, seja pela falta de preparo físico, seja pela intensidade do exercício, os músculos foram submetidos a um grande esforço que gerou muitas microlesões”, diz Cohen.

Recuperação

Como pode durar de três a cinco dias, a dor não deve impedir a continuidade das atividades físicas. Para evitar o sedentarismo nesse período, aqueça seu corpo para diminuir o incômodo.

Mas preste atenção: se o desconforto for muito grande, evite se esforçar e descanse. Do contrário, o excesso pode levar a uma lesão muscular. E, se após cinco dias, a dor continuar, é melhor procurar um médico.

Se for aguda e latejante, a dor pode significar uma contusão. Se houver hematoma, inchaço ou vermelhidão no local, também há indicativo de lesão.

Na dúvida, não exagere na academia e só se exercite sob a supervisão de um profissional. E, em caso de dor persistente, procure um especialista, que poderá orientá-lo sobre o melhor a fazer em seu caso.

Compartilhe: