Já ouviu falar em frugivorismo? Conheça a dieta dos vegetais crus

Este tipo de alimentação dá prioridade a alimentos minimamente processados. Entenda como seus praticantes mantêm a saúde

Por: Redação
Crédito: Blog/PixabayFrugivorismo é a dieta dos vegetais crus

Certamente, você já ouviu falar nas dietas vegetarianas e veganas. Quem sabe, conhece até o flexitarianismo. Mas o frugivorismo, menos conhecido, consiste no consumo de vegetais preferencialmente crus e comidas minimamente processadas.

A autora Sylvie Truffaut, em seu livro “Da Dieta ao Jejum” (Editora Verbo), já explicava em 1981 o objetivo de dietas do tipo: “rejuvenescer o corpo e estimular o espírito”. Segundo o Centro Vegetariano, é uma alimentação que não gera a morte da planta. “Esta dieta é uma das mais altas expressões do vegetarianismo”, relata a entidade portuguesa.

O “frugívoro ideal” é aquele que não sacrifica nenhum ser vivo –e isso inclui as plantas– em prol da alimentação. Assim, dedica-se a colher os vegetais ou coletar frutas caídas do pé. “A alimentação de frutas, pelas condições fisiológicas que implica, também não exige esforços na digestão”, diz a associação ambiental para a promoção do vegetarianismo.

Para ser consumido, o vegetal deve ser preferencialmente orgânico e livre de danos causados por insetos e doenças ou pelo manuseio inadequado.

Os adeptos partem do princípio de que as frutas são uma dádiva da natureza e constituem o mais perfeito tipo de alimento para o homem. Nesse tipo de alimentação, também não entra nenhum item de origem animal.

Complementação alimentar

Muitos dos praticantes do frugivorismo incluem frutos oleaginosos em suas refeições para “turbinar” a nutrição a partir do consumo de mais proteínas e lipídeos. Assim, nozes, avelãs, amêndoas e azeitonas podem ser bem-vindos. Mas as “vedetes” são mesmo as frutas e as hortaliças.

“Considera-se que é na polpa que a energia solar surge na sua mais sublime versão, protegendo e promovendo a vida”, diz o Centro Vegetariano ao defender o consumo das frutas cruas. “Por isso se defende que ingerir estes alimentos é aproveitar ao máximo a energia solar.”

View this post on Instagram

If you already want to eat them, you are a frugivore. 🥭: @rawcrush 💛 • • • • • • • • • #frugivore #frugivorismo #frugivoro #fruits #fruit #fruitsalad #fruitarian #fruita #fruitbowl #mango #manga #mangos #dragonfruit #dragonfruits #lovefruits #fruitlover #vegan #veganrecipes #vegana #veganism #veganismo #grapes #share #yummy #weekend #shareforshare #likeforlikes #beijing #beijinglife

A post shared by Universal President 🌱 (@universalpresident) on

A hashtag #frugivorismo, do Instagram, reúne uma série de imagens para inspirar quem deseja seguir essa dieta. Ali, mesmo quem está acostumado a banquetes encontrará ideias de pratos aparentemente deliciosos.

Vale sempre lembrar que ser orientado por um médico ou nutricionista é a forma ideal de iniciar uma dieta –que não deve ser altamente restritiva, o que poderia comprometer seu equilíbrio.

Fonte: Centro Vegetariano

Compartilhe:

Tags:#Dieta