CORONAVÍRUS
Tudo o que você precisa saberÚltimas notícias e tudo que você precisa saber

Medicina ayuvérdica: harmonia de ‘doshas’ é segredo de bem-estar

Para a ayurveda, o segredo da saúde e da vitalidade é equilibrar os prós e os contras de cada uma das três variedades

Por: Redação
Taj Mahal
Crédito: @EcoPic/iStockMedicina ayuvérdica: harmonia de ‘doshas’ é segredo de bem-estar

A ayurveda, além de tratar de doentes (“roga nut chikitsa”), preza o equilíbrio dos “doshas” como forma de prevenir diversos males e para promover o bem-estar do corpo e da mente (“urjaskara chikitsa”). O nome da prática milenar tem origem no sânscrito que, traduzido, significa “sabedoria” ou “ciência da vida”.

A especialidade “urjaskara chikitsa” se ramifica em “rasayana” –para rejuvenescimento e benefício físico e mental– e “vajikarana” –que traz afrodisíacos e prima pela vitalidade e pela libido.

Segundo a tradição, o universo é composto por cinco “panchamahabhutas”: “akasha” (éter), “agni” (fogo), “prithvi” (terra), “jala” ou “ap” (água) e “vayu” (ar). Da combinação desses elementos, surgem “vata”, “pitta” e “kapha” – os três “doshas”.

Para alcançar a harmonia, é preciso conhecer o seu “dosha” dominante e entender seus atributos (veja abaixo). Nós temos os três “doshas”. Quando eles perdem a harmonia, o corpo fica doente. Hábitos saudáveis podem evitar esse desequilíbrio.

Vata” (éter e ar). A dominância deste “dosha” está relacionado ao seco. Por isso, as pessoas costumam ser magras, ter pele seca e constipação;

Pitta” (fogo e água). O desequilíbrio deste “dosha” pode se manifestar em febre, irritação, nervosismo e infecções;

Kapha” (terra e água). Tendência a problemas respiratórios e à obesidade são características do desequilíbrio deste “dosha”.

Segundo a Associação Brasileira de Ayurveda (Abra), existem diversos conselhos para ter uma vida saudável, do despertar ao adormecer.

“A regra de ouro na tradição indiana é a moderação, ou seja, todos os excessos e deficiências são prejudiciais a saúde”, explica a associação. “Este talvez seja uma das maiores dificuldades na vida ocidental: seguir o ‘caminho do meio’.”

Massagens, óleos, alimentação, ioga e meditação são alguns dos aliados da ayurveda para reestabelecer a consonância dos “doshas” e dos “chacras”.

Sem testes rápidos

Considerado o mais antigo sistema de saúde, a ayurveda começou a se popularizar no Ocidente no século 20. Hoje, na internet, é possível encontrar muito material sobre o tema, inclusive testes rápidos para descobrir o “dosha” principal. Fazer isso com a ayurveda, no entanto, é o mesmo que fazer com qualquer outra área do conhecimento — e pode dar muito errado.

Crédito: Saumalya GhoshMedicina ayuvérdica: harmonia de ‘doshas’ é segredo de bem-estar

O diagnóstico do desequilíbrio se faz por meio de um questionário com 27 perguntas para cada um dos “doshas”. Com isso, o terapeuta pode indicar o tratamento adequado.

Esse saber, resultado de 7.000 anos de acúmulo de observações e experiências, resultou, entre outras coisas, em três grandes livros, “Brihat Trayi”: “Charaka-Samhita”, “Susruta Samhita” e  “Ashtanga Hridaya”. Cada um deles tem 120 capítulos.

A ayurveda é complexa e objeto de estudo de diversos especialistas, incluindo médicos, terapeutas e cientistas com formação ocidental. Apenas um conhecedor da área é capaz de recomendar a terapia ayurvédica adequada a cada caso.

Compartilhe:

Tags:#saúde