Unir exercícios físicos e mindfulness equilibra mente e corpo

Concentrar-se no "agora" e esquecer momentaneamente o mundo exterior pode ser uma receita eficiente para a atividade física

Por: Redação
Crédito: Andrea Piacquadio/PexelsExercício físico pode ser um atalho para o estado de mindfulness

Para serem bem realizados, exercícios físicos precisam de concentração. Isso, é claro, nem sempre é possível com as músicas altas, conversas paralelas e outra infinidade de distrações. Mesmo estando sozinhos e em local silencioso, a nossa mente pode continuar barulhenta. Nesses casos, o mindfulness pode ser a solução.

De acordo com a educadora física Raquel Quartiero, mindfulness é o estado de presença no “aqui” e no “agora” e, como consequência, conseguir meditar. A prática ajuda na eficiência dos treinamentos, e vice-versa.

A especialista conta que a mente se acalma naturalmente quando há um desbloqueio do corpo. Para ela, praticar atividade física é uma espécie de “atalho” para chegar a esse “estado de presença”.

Exercício: aliado do mindfulness

“Quando fazemos atividade física com exercícios que precisam de atenção na execução e foco na respiração ou até mesmo na intensidade, nossa mente vem para o estado ‘presente'”, explica Quartiero. “Essa é uma maneira muito eficaz para que a pessoa consiga praticar mindfulness ao mesmo tempo que está fazendo exercício.”

Crédito: Gustavo Fring/PexelsApós a atividade física, tente meditar usando o som ao redor

Concentração nos movimentos durante o treino é importante para atletas de alta performance, mas também para todos que procuram ter uma vida mais equilibrada. Práticas milenares, como a ioga, já combinavam, com sucesso, esses elementos.

“A meditação é mais utilizada e vista como algo que pede a capacidade de criar foco, sem dispersar. Após o mindfulness, após o exercício físico, é a hora de fazer meditação, que é focar em algo”, conta. “No som, ou na batida do coração, em uma frequência cardíaca, ou então em uma imagem. Criar foco e não dispersar disso por alguns instantes.”

Compartilhe: