Pensar em mostrar a voz e o som dos músicos paulistanos é um objetivo certeiro para Ceciro Cordeiro, 51. Músico e produtor cultural, ele está prestes a colocar nos palcos tudo o que sonhou. É que a partir desta sexta-feira, 21, começa o “São Paulo Cidade da Música”, projeto idealizado pelo próprio Ciro, cuja meta é produzir shows de artistas da zona leste. O evento termina no domingo, 23 e tudo tem entrada Catraca Livre.

Serão quase dez atrações das mais diversas áreas musicais. “Tem gente tocando MPB, tem também Maracatu, Samba. Os espetáculos são para todos os gostos”. Ciro explica, ainda, que os músicos têm características peculiares. São, em geral, filhos de emigrantes nordestinos, influenciados pelo movimento tropicalista.

Entre os destaques, o produtor aponta a apresentação da banda de reggae Medida Salvadora.  Criado em 2001, o grupo já possui dois discos gravados e foi vencedor de alguns festivais. “São artistas de qualidade e merecem ser vistos pelo público”, explica Cordeiro.

Embora o evento aconteça apenas em São Miguel Paulista, Ermelino Matarazzo e outros bairros da região, Ceciro pretende ainda levar o movimento para outras locais da cidade. “Temos que mostrar quem são os músicos da nossa cidade. Cada vez que eles ganham visibilidade, eles se sentem mais incentivados e produzem mais”, argumenta. Os próximos encontros ainda não estão agendados.

Para saber mais sobre a programação completa, clique aqui

Imagem Autor

Jornalista, amante da comunicação.

+ posts do autor

São Paulo Cidade da Música