Um cortejo cênica-poética-musical realizado em um percurso de 1h40, onde o coletivo teatral, formado por 32 trabalhadores artistas trabalhadores, apresenta aos espectadores experiências que normalmente passam desapercebidas pelos cidadãos que ali habitam.

O espetáculo "A Saga do Menino Diamante – Uma Ópera Periférica", criação coletiva do grupo Dolores Boca Aberta Mecatrônica de Artes e da banda Nhocuné Soul, volta a ser encenado, aos sábados de outubro, sempre às 22h, no CDM Patriarca.

A interação com o público norteia o espetáculo: após o 1º ato, será servido um caldinho quente. Após a encenação, haverá uma festa que seguirá madrugada adentro, até as 4h. Tanto a peça quanto a festa têm entrada Catraca Livre.

O Dolores Boca Aberta Mecatrônica de Artes surgiu há 11 anos e traz em suas atuações saraus, festas, espetáculos e concepção de novas ideias culturais como  a arena arbórea e teatro mutirão. Atualmente desenvolvem pesquisas com os temas "O direito a preguiça", "Erotismo e Periferia" e "Narrativas na cozinha".

Confira um vídeo sobre o espetáculo:

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=y0khko_33-I&feature=player_embedded[/youtube]

"A Saga do Menino Diamante – Uma Ópera Periférica"

22 Out
a
29 Out

  • de 22 a 29/10
    • Sábados às 22:00

Avenida Simão Bolívar - Jazz na Avenida
Avenida Simon Bolívar, s/n Armação Salvador - BA
add Google Agenda
* O espetáculo é a céu aberto e será cancelado em caso de chuva. Roupas confortáveis e agasalhos são boas pedidas

22 Out
e
29 Out

  • de 22 a 29/10
    • Sábados às 22:00
    • Sábados às 22:00

add Google Agenda
* O espetáculo é a céu aberto e será cancelado em caso de chuva. Roupas confortáveis e agasalhos são boas pedidas