Cia. Borelli. Dir. geral, concepção e coreografia: Sandro Borelli. Com Daniella Rocco, Edson Calheiros, Elisângela Ferreira e outros. Bailarino convidado: Roberto Alencar. Dança contemporânea. 60 min. 16 anos.
Inspirado na obra teatral de Martin Sherman sobre a perseguição nazista a homossexuais, o esmagamento da condição humana e a violência institucional intrínseca aos regimes totalitários.

Bent, o Canto Preso