Fascinado por minhocas, o artista Cabelo se inspira na capacidade dos anelídeos de transformar dejetos em húmus. Daí o nome da exposição que ocupa o Museu de Arte Moderna até dia 2 de dezembro, Humúsica, onde palavras, imagens e sons convivem simultaneamente.

A inauguração acontece no dia 17 mas apenas para convidados, e conta com Cabelo incorporando seu heterônimo MC Minhoca, fazendo improvisos ao som de DJ Esterco e ainda com a presença de dançarinos do passinho.

Na exposição, o público pode conferir as esculturas móveis “K-roças”, sobre eixos e rodas de skate, tendo representações de Buda como cocheiros, além dos “Kosmicars” – feitos com espelhos e fotos do telescópio Hubble – , a “K-roça canteiro de minhocas” e os “Jardins ambulantes”.

O autor das obras, compositor, tem músicas gravadas por Cidade Negra, Monobloco, Osvaldo Pereira, Ney Matogrosso e Pedro Luis e a Parede, entre outros. É um dos autores de “Menina do Salão de Beleza”, cantada por Pedro Luis na trilha da novela Avenida Brasil.

Exposição "Cabelo – Humúsica”

18 Out
a
02 Dez

  • de 18/10 a 02/12
    • Terças, Quartas, Quintas e Sextas das 12:00 às 18:00
    • Sábados e Domingos das 12:00 às 19:00

Avenida Simão Bolívar - Jazz na Avenida
Avenida Simon Bolívar, s/n Armação Salvador - BA
R$ 12