Para comemorar a expansão geográfica da obra da obra virtual de referências sobre teatro brasileiro, que ganha mais de 60 verbetes com a inclusão da produção mineira, gaúcha e pernambucana, o Itaú Cultural abre a programação de 2009, de 4 a 15 de fevereiro, com debate e espetáculos.

O sotaque pernambucano tomará o palco do instituto de 5 a 15 de fevereiro, com um mergulho nas memórias de famílias nordestinas. Sob direção de Newton Moreno, o grupo Os Fofos Encenam apresenta a peça em construção Memória da Cana, uma adaptação de Álbum de Família, do também pernambucano Nelson Rodrigues (1912-1980), com referências à família patriarcal e à civilização do açúcar descrita em Casa-Grande & Senzala pelo conterrâneo Gilberto Freyre (1900-1987).

divulgação

Créditos:

Memória da Cana de Newton Moreno

Um marco no registro das produções teatrais brasileiras abre a programação de 2009 do Itaú Cultural: o início da expansão geográfica da sua Enciclopédia de Teatro – obra de referência virtual abrigada no site www.itaucultural.org.br.  A partir do dia 4 de fevereiro, ela contará com mais de 60 verbetes, agora referentes à produção de Minas Gerais, Pernambuco e Rio Grande do Sul, além de novos registros do eixo Rio-São Paulo.

Programação

Processo de criação do espetáculo Memória da Cana, com a cia Os Fofos Encenam
Direção: Newton Moreno
De 5 a 15 de fevereiro (de quinta a domingo)
Quintas e sextas, às 20h; Sábados e domingos, às 17h e às 20h
Piso 1M (90 lugares)
Duração: 90 min
Censura: 16 anos

Ficha Técnica
Direção e Roteiro Final: Newton Moreno
Assistente de direção: José Roberto Jardim
Elenco de Atores-Criadores: Carlos Ataíde, Kátia Daher, Luciana Lyra, Paulo de Pontes, Marcelo Andrade, Viviane Madureira
Direção de Produção: Emerson Mostacco
Figurino e Maquiagem: Leopoldo Pacheco
Assistente de figurino: Cris Rocha
Desenho de Luz: Eduardo Reyes
Assistente de Luz: José Roberto Jardim
Direção Musical: Fernando Esteves
Preparação Musical: Beto Madureira
Preparação Corporal: Viviane Madureira
Cenário: Marcelo Andrade e Newton Moreno
Cenotécnico e Bonecos: Zé Valdir

Enciclopédia de Teatro