David Gilmour, autor do livro “O clube do filme” estará nesta quinta-feira, 6, às 19h30, para um debate na Livraria Cultura Shopping Villa-Lobos. A entrada é Catraca Livre e marca o lançamento do livro do escritor. A obra conta sobre o tempo em que o escritor estava sem emprego fixo, com o dinheiro contado e o filho de 16 anos colecionando reprovações em todas as matérias do ensino médio.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=K5OPTRU_PKo[/youtube]

Mais

Se seu filho de 15 anos fosse um aluno problema, você o tiraria da escola? O crítico de cinema e escritor premiado, David Gilmour, tirou. O garoto poderia sair da escola – e ficar sem trabalhar e sem pagar aluguel – desde que assistisse semanalmente a três filmes escolhidos por ele, o pai.

A aposta diferente resultou no Clube do Filme. Semana a semana, pai e filho viam e discutiam o melhor (e, ocasionalmente, o pior) do cinema: de A Doce Vida (o clássico de Federico Fellini) a Instinto Selvagem (o thriller sensual estrelado por Sharon Stone); de Os Reis do Iê, Iê, Iê (hit cinematográfico da Beatlemania) a O Iluminado (interpretação primorosa da Jack Nicholson, dirigido por Stanley Kubrick); de O Poderoso Chefão (um dos integrantes das listas de "melhores filmes de todos os tempos") a Amores Expressos (cult romântico e contemporâneo do coreano Wong KarWay).

David Gilmour oferece uma percepção singular sobre filmes, roteiros, diretores e atores inesquecíveis ao relatar essa vivência com olho clínico e muita sinceridade. E emociona ao mostrar aos leitores a descoberta da vida adulta pelos olhos de um jovem e os dilemas da adolescência administrados por um pai muito presente.

Leia o primeiro capítulo do livro Clube do Filme:

Capítulo I - parte 1
Capítulo I - parte 2

O clube do filme