Na próxima segunda-feira, 20, na Livraria Cultura do Conjunto Nacional, os escritores Contardo Calligaris, Lívia Garcia Roza e Maria Cecília Gomes dos Reis participam debate sobre a psicanálise e a filosofia no universo literário. O evento faz parte do ciclo de eventos com finalistas do Prêmio São Paulo de Literatura, concedido pelo Governo do Estado de São Paulo, abertos ao público e gratuitos, com vagas limitadas. A programação é sujeita a alterações.

Apesar de já ter publicado diversos livros, Contardo Calligaris concorre ao Prêmio na categoria “melhor livro de autor estreante”, pois “O conto do amor” é seu primeiro romance, gênero contemplado pela premiação. É o mesmo caso de Maria Cecília Gomes dos Reis, autora de “O mundo segundo Laura Ni”. Já a carioca Lívia Garcia-Roza não disputa com os dois colegas de bate-papo, ao participar da outra categoria, “melhor livro do ano”, com o romance “Milamor”.


Sobre os autores

Contardo Calligaris nasceu em Milão, em 1949. Psicanalista, psicoterapeuta e ensaísta, formou-se na Suíça e na França e radicou-se no Brasil nos últimos vinte anos, dez dos quais vividos entre Nova York e São Paulo. “O conto do amor” é sua estreia no romance.

Lívia Garcia-Roza é carioca, estreou na ficção com o romance Quarto de menina (selo de Altamente Recomendável concedido pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil - FNLIJ ). Concorre ao melhor livro do ano com a obra “Milamor”.

Maria Cecília Gomes dos Reis nasceu em São Paulo em 1956. Graduada em Artes Plásticas pela Fundação Armando Álvares Penteado e doutora em Filosofia pela USP, leciona atualmente no Ibmec São Paulo.  Concorre na categoria melhor livro estreante com o romance “O mundo segundo Laura Ni”.

Contardo Calligaris