O Museu da Arte Moderna (MAM) apresenta, até dezembro, a exposição "Ernesto Neto: Dengo", uma mostra com ambientes multisensoriais imersivos do artista carioca. A exposição segue em cartaz no MAM até dia 19 de dezembro.

Com seus diversos nichos e reentrâncias confeccionados em crochê, "Dengo" é um convite para o público interagir com a obra de forma descontraída, estabelecendo relações de familiaridade.

Remetendo às esculturas de crochê já realizadas pelo artista, Dengo é a primeira obra nesse material que atinge tamanha dimensão. Nela, não há redomas formando subsalas por entre suas estalactites gigantes de crochê pendentes do teto. O visitante terá a sensação de que toda a Grande Sala foi transformada em um ambiente imersivo único, permeado por grandes gotas coloridas.

Para tornar esse um ambiente lúdico e convidativo, a estrutura de crochê será permeada por diversos elementos que poderão ser usados e manuseados e estarão associados ao universo de Ernesto Neto.

Pencas de saquinhos ora recheados de balas comestíveis, ora confeccionados em delicado tecido estufado pelo perfume da camomila, serão suspensos por correntes e ganchos, como nas bancas de camelôs. Nove tambores, cujas baquetas estarão integradas ao crochê e poderão ser manipuladas pelo espectador, rodearão um piano de meia cauda.

Espalhados pelo espaço, diversos monitores de plasma exibrão vídeos realizados por Neto ao longo de sua carreira, em uma pequena mostra retrospectiva.

Ernesto Neto: Dengo

18 Set
e
19 Dez

  • Sáb 18/09
    • às 19:00
  • de 19/09 a 19/12
    • Terças, Quartas, Quintas, Sextas, Sábados e Domingos das 10:00 às 17:30

R$ 5,50
add Google Agenda
Sócios do MAM, crianças até 10 anos e adultos com mais de 65 anos não pagam entrada. Aos domingos, a entrada é franca para todo o público, durante todo o dia.