Hoje, 6, o Cine Olido apresenta filmes que retratam periferias de São Paulo (SP): Jardim Ângela, localizado na zona sul, e Brasilândia, na zona norte da cidade.

Jardim Ângela:

O bairro Jardim Ângela, na periferia de São Paulo, liderou durante muitos anos o ranking das regiões mais violentas da metrópole. O documentário foi construído a partir de uma oficina de cinema produzida pela Associação Cultural Kinoforum com o objetivo de promover a inclusão social e audiovisual na periferia da cidade. A iniciativa proporciona aos alunos a possibilidade de documentar a comunidade onde vivem em curtas de ficção, documentários, animações ou trabalhos mais experimentais. Trata-se de uma região dividida pelo tráfico de drogas. Há os que aceitam a convivência promíscua com os traficantes e os que jamais se envolveram com o crime. O filme focaliza a visão de mundo desses jovens, que querem mostrar também o lado positivo da periferia paulistana.

Jardim Ângela

Créditos: Jardim Ângela

Jardim Ângela

Antônia:

Na Vila Brasilândia, periferia de São Paulo, quatro jovens mulheres negras batalham pelo sonho de viver de sua música. Amigas desde a infância, Preta (Negra Li), Barbarah (Leilah Moreno), Mayah (Quelynah) e Lena (Cindy) deixam os backing vocals do conjunto de rap de homens para montar seu próprio grupo, Antônia. Descobertas pelo empresário Marcelo Diamante (Thaíde), elas começam a cantar rap, MPB, pop e soul em bares e festas de classe média.

Mas quando o sonho de fazer algo da vida parece tomar corpo, as viradas de um cotidiano marcado pela pobreza, pela violência e pelo machismo ameaçam o grupo. Em um acesso de ciúme, Preta rompe com Mayah e com o marido, e assume sozinha o sustento da filha pequena, Emília. Lena cede à pressão do marido, que não quer vê-la cantando rap. E Barbarah, lutadora de kung fu, envolve-se em uma briga fatal depois que o namorado do irmão é morto na porta de sua casa. Separadas por um destino amargo, as quatro terão que lutar para juntar os pedaços do grupo e resgatar a alegria de cantarem juntas.

Confira a programação:

Jardim Ângela
(São Paulo, 2006, 72 min, 35mm).
Direção: Evaldo Mocarzel.
Horário: às 15h

Antônia
(São Paulo, 2006, 90 min, 35mm).
Direção: Tata Amaral. Com Leilah Moreno, Cindy, Quelynah, Negra Li e outros.
Horário: às 17h

Ps: Todos os filmes são indicados para maiores de 12 anos.

Filmes retratam a periferia de São Paulo