Em seu livro de estreia "A Rima Denuncia", Global Editora, GOG, um dos nomes mais respeitados do rap brasileiro reúne suas letras em uma viagem pelo interior do artista e pelos problemas sociais do país.

O livro será lançado nesta terça-feira, 21, no Espaço Cultural Novo Luna Nova, no bairro do Bixiga. O evento contará com as apresentações da banda Nhocuné Soul, Jairo Periafricania, Zinho Trindade, Versão Popular, Criolo Doido e também  com a participação dos principais saraus da cidade.

GOG, vulgo de Genival de Oliveira Gonçalves desde os 8 anos era campeão, dentro de casa, nas disputas de ditado que seu pai criava. Pegou gosto pela escrita bem articulada. Sua carreira começou nos anos 80 com o vinil Peso Pesado. Logo, seu talento para descrever a realidade foi sampleado pelo maior grupo de rap do Brasil, "Os Racionais MC’s" no disco "Sobrevivendo no Inferno" (1997). Seu verso “Periferia é Periferia em qualquer lugar” virou refrão da banda e lançou GOG no cenário nacional.

Cresceu em meio a exclusão e começou a superar suas dificuldades ainda nos anos 80, quando cursou a faculdade. Porém, talento para a rima foi mais forte e encontrou nas ruas do plano piloto sua carreira musical.

O artista foi o primeiro rapper a montar sua própria gravadora independente nos anos 90, na periferia de Brasília. Ali, já manifestava seu espírito transgressor e seu olhar visionário.

Sempre abordando temas sociais e políticos em seus versos, GOG se tornou um intelectual da cena do rap brasileiro. Um cantor diferente, que construiu suas rimas sob o protesto, a contestação e  sua verdade.  Com o passar dos anos, seu discurso nunca mudou. Pelo contrário, se aprofundou. Suas ações, hoje, são reflexos das rimas oriundas do hip hop, mas que foram convertidas em ações diretas na política.

O artista foi um dos líderes do movimento recente em Brasília chamado “Outros 500”.

"A Rima Denuncia" marca sua estreia no mundo literário. O título traz em 256 páginas suas letras mais significativas, que contam sua história e a do Brasil.

Em mais de 48 letras em que passam os governos Collor, FHC e Lula, a periferia sempre alheia as transformações. GOG deixa essa impressão em seus textos.

Dividido em oito capítulos, cada um deles abordando diferentes fases do rapper, o livro também mostra o mundo interior de um ativista cultural que chamou a atenção do público e de nomes consagrados da MPB como Maria Rita, Lenine e Racionais.

"A Rima Denuncia" é um livro que reúne as melhores letras do universo interior de um jovem, que saiu da periferia de Brasília e conquistou o país com versos contundentes.

Leia a letra de "Brasil com P" presente no livro

Leia a letra "Fogo no Pavio" de GOG


Lançamento do livro A rima denuncia (Global)

21 Set
Catraca Livre
add Google Agenda

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.