Mostra que integra o projeto Semana da Consciência Negra e que presta, também, uma homenagem ao centenário de morte do escritor Machado de Assis.
Co-realização: Cone (Coordenadoria dos Assuntos da População Negra), da Secretaria de Participação e Parceria. Apoio: CTAV (Centro Técnico Audiovisual/MINC - Ministério da Cultura), Cedoc/Rede Globo (Centro de Documentação), Fundação Padre Anchieta, Centro Paulista de Rádio e TV Educativa, Facom/Faap, Cinemateca do MAM/Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, Associação Cultural Refavela e Bienal Afro-Brasileira do Livro.


HOJE TEM FELICIDADE
(Brasil, 2005, 14 min, DVD). Dir.: Lisiane Cohen. Com Rui Resende, Ader Hoch, André Thelen e outros.
O cotidiano de um homem em busca da felicidade. Inspirado no capítulo A propósito de Brotas, da obra Memórias póstumas de Brás Cubas.
DOM
(Brasil, 2003, 91 min, 35mm). Dir.: Moacyr Góes. Com Marcos Palmeira, Maria Fernanda Cândido, Bruno Garcia e outros.
Versão atualizada de Dom Casmurro em que um homem desconfia que sua mulher o trai com seu melhor amigo.
/ Exibições seguidas. Dia 18, 16h. Dia 23, 18h (nesse dia será exibido somente Dom)

CAPITU
(Brasil, 1968, 105 min, 35mm). Dir.: Paulo César Saraceni. Com Isabella, Othon Bastos, Raul Cortez e outros.
A amizade entre Capitu, sua esposa, e Escobar, seu amigo, faz crescer em Bento a dúvida sobre a fidelidade da mulher. Baseado na obra Dom Casmurro.
/ Dia 18, 18h

UM APÓLOGO – MACHADO DE ASSIS
(Brasil, 1939, 15 min, 16mm). Dir.: Humberto Mauro e Roquete-Pinto. Com Grace Moema, Déa Selva, Júlia Dias e outros.
Dramatização do apólogo da agulha e da linha.
MEMÓRIAS PÓSTUMAS
(Brasil, 2000, 103 min, 35mm). Dir.: André Klotzel. Com Reginaldo Faria, Petrônio Gontijo, Sônia Braga e outros.
Depois de morto, homem relembra sua vida banal. Baseado na obra Memórias póstumas de Brás Cubas.
/ Exibições seguidas. Dia 18, após intervenção cênica

A CARTOMANTE
(Brasil, 2003, 90 min, 35mm). Dir.: Wagner Assis e Pablo Uranga. Com Debora Secco, Luigi Baricelli, Giovanna Antonelli e outros.
Mulher se apaixona pelo amigo de infância de seu noivo. Por meio de uma cartomante, fica sabendo que o romance poder ter fim trágico. Baseado no conto homônimo de Machado de Assis.
/ Dias 19 e 21, 16h

A CARTOMANTE
(Brasil, TV Globo, 1974, 60 min, DVD). De Lenita Plonczynska. Dir.: Regina Duarte e Domingos Oliveira. Com Renata Sorrah, José Wilker, Herval Rossano e outros.
Adaptação do romance homônimo feita para o programa televisivo Caso especial.
TRIO EM LÁ MENOR(Brasil, TV Globo, 1999, 35 min, DVD). Adaptação: Geraldo Carneiro. Dir.: Luciano Sabino. Com Letícia Sabatella, Leonardo Brício, Marco Ricca e outros.Mulher dividida entre dois joven: um alegre e fútil e o outro sério e circunspeto. Adaptação do conto homônimo feita para o programa televisivo Você decide./ Exibições seguidas. Dia 19, 18h

CODA
(Brasil, 2000, 13 min, 35mm). Dir.: Flávio Barone. Com Antônio Abujamra, André Abujamra, Antonio Fagundes e outros.
Maestro famoso deseja compor uma música, mas não tem inspiração. Baseado no capítulo Cantiga de esponsais do livro O alienista.
AZYLLO MUITO LOUCO
(Brasil, 1969, 100 min, 35mm). Dir.: Nelson Pereira dos Santos. Com Isabel Ribeiro, Nildo Parente, Irene Stefânia e outros.
No século 19, padre constrói asilo para abrigar loucos, mas muda de opinião por conta da igreja e decide internar apenas os sãos. Inspirado na obra O alienista.
/ Dia 19, após palestra

IAIÁ GARCIA
(Brasil, TV Cultura, 1982, 79 min, DVD). Adaptação: Rubens Ewald Filho. Dir.: Sérgio Galvão. Com Fúlvio Stefanini, Elaine Cristina, Arlete Montenegro e outros.
Jovem casal se separa devido à mentira inventada pela mãe do rapaz, contrária ao namoro. Três primeiros capítulos da adaptação para a televisão do romance homônimo.
/ Dia 20, 16h

HELENA
(Brasil, TV Globo, 27 min e 33 min, DVD). Adaptação:Gilberto Braga. Dir.: Herval Rossano. Com Lúcia Alves, Osmar Prado, Ida Gomes e outros.
A abertura de um testamento revela a existência de uma filha, ignorada pela família, que vem morar com seus parentes. Capítulos primeiro e vigésimo da adaptação para a novela televisiva baseada no romance homônimo.
O ALIENISTA
(Brasil, TV Globo, 1993, 47 min, DVD). Dir.: Guel Arraes. Com Marco Nanini, Giulia Gam, Milton Gonçalves e outros.
Adaptação feita para o programa televisivo Terça nobre especial.
/ Exibições seguidas. Dia 20, 18h

IDÉIAS DE CANÁRIO
(Brasil, 1996, 9 min, 16mm). Dir.: Marcelo Vicentin. Com Fábio J. Moraes, Yugi Takata e Carla Monteiro.
A amizade entre um garoto e seu canário. Baseado no conto homônimo do livro Páginas recolhidas.
CONFISSÕES DE UMA VIÚVA MOÇA
(Brasil, 1975, 88 min, 16mm). Dir.: Adnor Pitanga. Com José Wilker, Sandra Barsotti, Celso Faria e Myriam Pérsia.
Após dois anos de isolamento desde a morte do marido, mulher resolve escrever uma carta a uma amiga esclarecendo os motivos de sua reclusão e a vontade de se reintegrar à vida. Baseado no conto homônimo do livro Contos fluminenses.
/ Exibições seguidas. Dia 20, 20h

BRÁS CUBAS
(Brasil, 1985, 92 min, 35mm). Dir.: Júlio Bressane. Com Luiz Fernando Guimarães, Bia Nunes, Regina Casé e outros.
Baseado na obra Memórias póstumas de Brás Cubas.
/ Dia 21, 18h

QUINCAS BORBA
(Brasil, 1987, 116 min, 35mm). Dir.: Roberto Santos. Com Helber Rangel, Fúlvio Stefanini, Brigitte Broder e outros.
Ao morrer, o filósofo Quincas Borba deixa seus bens a um discípulo que se apaixona por uma bela mulher casada.
/ Dia 22, 16h

IDÉIAS DE CANÁRIO
MEMÓRIAS PÓSTUMAS
/ Veja sinopses anteriores. Exibições seguidas. Dia 22, 18h

ENCONTRO COM MILTON SANTOS OU O MUNDO GLOBALIZADO VISTO DO LADO DE CÁ
(Brasil, 2007, 89 min, 35mm). Dir.: Silvio Tendler.
Exibição especial em comemoração do Dia da Consciência Negra. Documentário-entrevista com o geógrafo e intelectual Milton Santos (1926-2001), baiano de Brotas de Macaúbas, que conquistou fama internacional.
/ Dia 22, 20h

UM APÓLOGO – MACHADO DE ASSIS
Veja sinopse anterior.
A CAUSA SECRETA
(Brasil, 1995, 93 min, 35mm). Dir.: Sérgio Bianchi. Com Renato Borghi, Rodrigo Santiago, Ester Góes e outros.
Para montar uma peça, um grupo de teatro pesquisa a miséria humana do país. Baseado no conto homônimo de Machado de Assis.
/ Exibições seguidas. Dia 23, 16h

CODA
Veja sinopse anterior.
QUANTO VALE OU É POR QUILO?
(Brasil, 2005, 110 min). Dir.: Sergio Bianchi. Com Herson Capri, Caco Ciocler, Ariclê Perez e outros.
Exibição especial em comemoração do Dia da Consciência Negra. Relatos da antiga escravidão são comparados à escravidão dos dias atuais, tendo as falcatruas das ONGs como principal referência.
/Exibições seguidas. Dia 23, 20h


INTERVENÇÃO CÊNICA
Com Lizette Negreiros. 30 min.
Leitura dos poemas Ódio sagrado, de Cruz e Souza; Nuvens ocas, de Therezinha Tadeu; e leituras dramatizadas dos trabalhos de Machado de Assis, Um apólogo e A igreja do diabo (capítulos 1 e 2). Na seqüência, serão exibidos os filmes Um apólogo – Machado de Assis e Memórias póstumas (veja sinopses abaixo).
/ Dia 18, 20h


O LITERATO MACHADO DE ASSIS: MACHADO DE ASSIS – ESCRITOR AFRO-BRASILEIRO?
Palestra com Oswaldo de Camargo (jornalista e escritor).
Na seqüência, serão exibidos os filmes Coda e Azyllo muito louco (veja sinopses abaixo).
/ Dia 19, 20h

ADAPTAÇÕES AUDIOVISUAIS DA OBRA DE MACHADO DE ASSIS
Palestra com Gilberto Figueiredo Martins (Professor e Doutor pela Unesp/Assis).
Na seqüência, serão exibidos os filmes Um apólogo: Machado de Assis e Azyllo muito louco (veja sinopses anteriores).
/ Dia 21, 20h


LANÇAMENTO DE LIVRO
Lançamento de Solano Trindade, o poeta do povo, com as presenças de Raquel Trindade e Oswaldo de Camargo.
/ Sala de Oficinas. Dia 22, 16h.

Machado De Assis – 100 Anos Depois