Filmes que falam sobre filmes. Diretores que expõe conflitos audiovisuais durante processo de criação. Esse é o tema da mostra A Magia do Cinema. Com início esta semana, o evento traz clássicos como Cinema Paradiso, A Rosa Púrpura do Cairo, Oito e Meio, de Federico Fellini.

A metalinguagem e a expressão do imaginário compartilhado entre criadores e espectadores não são os únicos temas da seleção. História da própria arte-indústria e obras que mostram a emoção do cinema ao público e os convidam a cruzar o tecido da tela.

PROGRAMAÇÃO

Cinema Paradiso - Dia 02/09. Quarta, às 19h
História do garoto Totó, que vive no interior da Itália durante a Segunda Guerra. Sua principal diversão é passar o tempo no Cinema Paradiso, fazendo companhia ao projecionista Alfredo, que o ensina a amar a sétima arte.  Direção: Giuseppe Tornatore. Itália, 1989, 170 min. A partir de 12 anos.

Tapete Vermelho - Dia 04/09. Sexta, às 19h
Uma bela homenagem feita pelo cinema ao grande Mazzaropi. Um casal de caipiras leva o filho Neco de 9 anos para uma cidade a fim de assistir a um filme do artista no cinema. Mas os tempos mudaram e os cinemas desapareceram. No caminho o trio cruza com tipos curiosos provando que as lendas do sertão existem mesmo.  Direção: Luiz Alberto Pereira. Brasil, 2006, 102 min. Livre.

A Rosa Púrpura do Cairo - Dia 09/09. Quarta, às 19h
A solitária garçonete Cecilia é perdidamente viciada em filmes hollywoodianos. Fica totalmente surpresa quando o astro principal repentinamente sai da tela para conhecê-la. Encantada por seu charme, ela se apaixona, até que encontra o ator que o interpreta. Direção: Woody Allen. EUA, 1984, 72 min. A partir de 12 anos.

Os Picaretas - Dia 11/09. Sexta, às 19h
Um produtor de filmes desprezado por Hollywood tem uma ideia genial para um grande sucesso de bilheteria: filmar um filme de ação com o maior astro do momento, mas sem ele saber que está sendo filmado.  Direção: Frank Oz. EUA, 1999, 96 min. Livre.

Oito e Meio - Dia 16/09. Quarta, às 19h
A maior das obras-primas de Fellini. Conta a história de Guido (Marcello Mastroianni), um cineasta em crise de inspiração que não consegue encontrar uma ideia para o seu próximo filme. Atormentado, começa a ser assombrado por sonhos e recordações de passagens marcantes de sua vida.  Direção: Federico Fellini. Itália, 1963, 138 min. A partir de 12 anos.

Cecil Bem Demente - Dia 18/09. Sexta, às 19h
Uma comédia de ação sobre um cineasta lunático que, junto com sua gangue fanática por cinema, sequestra Honey Whitlock, a deusa número 1 de Hollywood para forçá-la a atuar em seu filme terrorista underground.
Direção: John Waters. EUA, 2000, 87 min. Livre.

Crepúsculo dos Deuses - Dia 23/09. Quarta, às 19h
Gloria Swanson como Norma Desmond, uma ex-rainha do cinema mudo, e William Holden, como roteirista desconhecido, envolvido por ela, criaram dois inesquecíveis personagens neste filme. Da primeira cena até o inevitavelmente trágico desfecho, o filme é a palavra final sobre o lado cruel de Hollywood.
Direção: Billy Wilder. EUA, 1950, 110 min. A partir de 14 anos.

O Desprezo - Dia 25/09. Sexta, às 19h
Considerado um dos melhores filmes de Goddard e da nouvelle vague. Paul Javal é um roteirista que vai para Roma trabalhar numa adaptação de A Odisséia, de Homero, que o diretor Fritz Lang está rodando na cidade.
Direção: Jean-Luc Godard. França/Itália, 1963, 99 min. A partir de 16 anos.

A Noite Americana - Dia 30/09. Quarta, às 19h
Filme sobre a realização de outro filme. Além de observar os bastidores, ainda se vê o diretor François Truffaut atuando. A história acompanha a loucura das filmagens e os problemas das vidas particulares dos envolvidos. Direção: François Truffaut. França/Itália, 1973, 115 min. A partir de 16 anos.

Saneamento Básico  Dia 02/10. Sexta, às 19h
Os moradores de uma pequena vila reúnem-se para tomar providências sobre a construção de uma fossa para o tratamento do esgoto. Surge, então, a ideia de rodar um filme sobre a própria obra.
Direção: Jorge Furtado. Brasil, 2007, 112 min. A partir de 12 anos.

Ladrões de Cinema  Dia 07/10. Quarta, às 19h
Um grupo de favelados assalta uma equipe de filmagem durante o carnaval e, com o equipamento roubado, resolve fazer um filme na favela. Uma idéia original, cujo resultado oferece a mesma e antiga receita: mostrar o carnaval do Rio, os morros, a comunidade, os malandros cariocas e as mulheres.
Direção: Fernando Campos. Brasil, 1977, 127 min. A partir de 14 anos.

Mostra Magia do Cinema

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.