A proposta apresenta fotografias, imagens e adereços que refletem e contextualizam elementos importantes e muito presentes nas ações, memórias e histórias da região do cariri cearense como, por exemplo, a linguagem do cordel, a xilogravura, a arquitetura regional, a religiosidade popular da devoção ao Padre Cícero e a poesia do centenário Patativa do Assaré. Abertura: 21 de maio (quinta), às 20h.

Olhares sobre o sertão