Uma caravela cenográfica, com 6 metros de altura, vai chamar a atenção do visitante que chegar ao Museu Afro Brasil (região sul da capital paulista). O meio de transporte dos colonizadores espanhóis e portugueses representará o espírito da mostra "Os Mágicos Olhos das Américas", que vai abrigar cerca de 300 obras de artistas ibero-americanos e africanos.

Permeia toda a exposição uma reflexão sobre o legado cultural que diferentes culturas (europeias, indígenas, africanas) deixaram na América. O visitante poderá transitar entre pinturas e instalações da cultura pré-colombiana, de arte sacra e do construtivismo, entre outros temas.

Farão parte da exposição artistas como Pierre Verger, Hélio Oiticica e Lygia Cark. Com a curadoria de Emanoel Araújo, "O Mágicos Olhos das Américas" prestará uma homenagem ao fotógrafo, desenhista e escultor Mario Cravo Neto.

A mostra é catraca livre e fica em cartaz até 15 de janeiro. Visitas podem ser feitas de terça a sexta-feira, das 10h às 17h.

"Os Mágicos olhos das Américas" no Museu Afro Brasil