Créditos:

DonaZica

Com participação de Érika Machado, a apresentação de DonaZica e Curumim faz parte da comemoração de 10 anos do Prata da Casa, no Sesc Pompeia.  O show acontece dia 28, às 21h e a entrada custa R$12, estudante paga meia.

Prata da Casa 10 anos

Durante o período de 10 anos, sete críticos (Mauro Dias, Carlos Calado, Israel do Vale, Lauro Lisboa, Carlos Bozzo, Pedro Alexandre Sanches e Patrícia Palumbo) selecionaram expoentes da jovem canção brasileira, a partir de critérios de qualidade, repertório, diversidade e riqueza cultural. Para comemorar a data, os críticos elegeram os nomes de maior destaque que passaram pelo Prata da Casa.Serão duas apresentações por dia, além da participação de outros nomes importantes do Prata da Casa.


DonaZica é o multiforme grupo de músicos que vai de Macunaíma ao rap, da intervenção polêmica à poética, com uma formação original de cordas, sopros, percussão e vozes. O CD deles “Composição” tem momentos em que combina poesia direta com texturas sonoras originais. Érika Machado é considerada uma das mais jovens e talentosas compositoras da novíssima geração brasileira. Seu primeiro CD " No Cimento" foi produzido por John Ulhoa (Pato Fu), com um som MPB-Pop-Eletrônico, meio bossa, meio rock.


“JapanPopShow” é o nome do segundo CD de Curumin. O título faz referência à sua descendência, o som do disco traz no seu DNA influências utilizadas em “Achados e Perdidos”, primeiro álbum do grupo, com uma profusão de ritmos e influências, com matriz fundamentalmente na música negra. Curumin faz parte de uma geração com total acesso às tecnologias de gravação e pesquisa modos de captação, estilos de produção, equipamentos, instrumentos, novos e antigos.

DonaZica e Curumim