Da literatura de Josué de Castro ao banditismo de Lampião, somado à influência do baque virado do maracatu, os "homens caranguejos" insurgiram do mangue para transformar a “quarta pior cidade do mundo”. Há 20 anos surgia o movimento Manguebeat, revolucionário e contestador, num cenário cultural formado pela mistura de elementos musicais, entre "carimbó" e "samba", apropriando-se de outras vertentes como rock, hip-hop e música eletrônica.

Idealizado e propagado por artistas como Chico Science e Fred 04 - este último, autor do manifesto “Caranguejos com cérebro” - o gênero foi muito além de sua proposta musical. Ao integrar manifestações tradicionais e modernas, incentivou a mobilização política e apontou o abandono sócio-econômico ocorrido na cidade de Recife.

Da Manguetown a São Paulo

Em homenagem ao movimento , que, duas décadas depois de seu surgimento, é considerado um dos mais importantes levantes culturais da música brasileira, o Sesc Vila Mariana apresenta o projeto “Raízes do Manguebeat”.

Créditos: divulgação

Formada em 1984, a banda Mundo Livre S/A é considerada uma das mais importantes porta-vozes do Manguebeat

Realizado durante todo mês de agosto, a série relembrará a contribuição de bandas como Nação Zumbi, Mundo Livre S/A, Sheik Tosado , Mestre Ambrósio e Eddie, Nesta quarta e quinta-feira, o Sesc Vila Mariana recebe o show do rapper Xis, ao lado de Marcos Matias, Rapadura e DJ RM. Às 20h30, com entrada a 12 reais.

Além da música, a programação contará com a oficina “A história do maracatu”, realizada pelo grupo de maracatu Bloco de Pedra, onde será abordada a história da tradição, vivência e dança desse ritmo tão presente na criação artística do manguebeat. (A capacidade da oficina é de apenas 20 vagas e acontece aos sábados, dias 11 e 18, às 15h30, nas salas 3 e 4 do 6º andar da Torre A).

Já no dia 15 de agosto, o projeto realizará um bate-papo sobre a criação do Manguebeat, às 20h30, no Auditório do Sesc Vila Mariana. “Contexto Sociocultural e Imaginário Popular na Criação do Manguebeat” permitirá a abordagem dos diferentes contextos sociais e culturais dessa manifestação musical. (A participação é gratuita e os ingressos devem ser retirados com uma hora de antecedência na Central de Atendimento).

O encerramento do festival acontece nos dias 16 e 17 de agosto, quando a banda Eddie deixa as ladeiras da histórica Olinda para subir ao palco do Sesc Vila Mariana. Considerada uma das principais representantes do movimento, o quinteto apresenta  repertório de seus vinte anos de carreira. Às 20h30, com entrada a 12 reais.

Confira o videoclipe de "Manguetown", clássico da banda Nação Zumbi, lançado no álbum "Afrociberdelia" de 1996:

Projeto - Raízes do Manguebeat

08 Ago
e
18 Ago

  • Qua 08/08
    • às 20:30
  • Qui 09/08
    • às 20:30
  • Sáb 11/08
    • às 15:30
  • Qua 15/08
    • às 20:30
  • Qui 16/08
    • às 20:30
  • Sex 17/08
    • às 20:30
  • Sáb 18/08
    • às 15:30

Avenida Simão Bolívar - Jazz na Avenida
Avenida Simon Bolívar, s/n Armação Salvador - BA
Confira os preços de acordo com a atração
add Google Agenda

08 Ago
e
18 Ago

  • Qua 08/08
    • às 20:30
    • às 20:30
  • Qui 09/08
    • às 20:30
    • às 20:30
  • Sáb 11/08
    • às 15:30
    • às 15:30
  • Qua 15/08
    • às 20:30
    • às 20:30
  • Qui 16/08
    • às 20:30
    • às 20:30
  • Sex 17/08
    • às 20:30
    • às 20:30
  • Sáb 18/08
    • às 15:30
    • às 15:30

Confira os preços de acordo com a atração
add Google Agenda