Até 8 de março, o Itaú Cultural abre o palco para cinco encontros musicais, dentro da programação Rumos Convida. Na abertura, no dia 4, o pernambucano Siba e Roberto Corrêa lançaram o CD Violas de Bronze. A partir do dia 5, a cada noite um selecionado do programa convida um artista para realizar um show inédito. Nesta quinta-feira, 5, a banda brasiliense Móveis Coloniais de Acaju chama o músico paulistano Bocato. A programação continua na sexta, dia 6, com os paraibanos do Cabruêra que recebem o rapper carioca Bnegão; já no sábado, 7, a banda cearense  Cidadão Instigado toca com Rodrigo Amarante e Karine Carvalho; e os gaúchos do Pata de Elefante dividem o palco com os mato-grossenses do Macaco Bong no último dia de apresentação, domingo, dia 8. Todos os shows serão transmitidos ao vivo pelo site do Itaú Cultural.

A banda Móveis Coloniais de Acaju:

Representantes de gerações inovadoras da música brasileira, que têm em comum a busca de recriação das tradições regionais, o rabequeiro Siba e o violeiro Roberto Corrêa dividiram pela primeira vez o palco em 2004, quando foram convidados pelo Itaú Cultural para participar do projeto Paço Dobrado, no Paço Imperial, no Rio de Janeiro,  resultando em uma parceria, que, cinco anos depois, apresenta o CD Violas de Bronze.

Violas de Bronze é um disco de fusão de estilos destes dois músicos, cuja assinatura foi criada em cima de tradições culturais. Nas 12 faixas do CD, a serem apresentadas no show no Itaú Cultural, o público será brindado com a harmonia, melodia e poesia criados pela dupla, em canções como Caninana do Papo Amarelo, assinada por Siba e Corrêa, Jararaca Chateadeira (Roberto Corrêa) e Casa de Reza e Da Espera (Siba).

Convidados do Rumos

Os brasilienses do Móveis Coloniais de Acaju são os anfitriões da programação da quinta-feira, dia 5, conduzidos pelo vocal e performance contagiante de André Gonzáles. O grupo composto por 10 integrantes traz de volta ao palco do Itaú Cultural a sua mistura de rock, ska e música de diferentes lugares do mundo. Conta com um convidado especial para o seu afinado naipe de metais: o trompetista Bocato. Um dos mais conceituados músicos do cenário paulistano, ele fará um dueto com o grupo de Brasília, em composições de autoria da própria banda, e algumas releituras de clássicos da música brasileira.

No dia seguinte, o Cabruêra sobe ao palco com as influências do pop e do regional que marca o estilo da banda formada em 1998 por alunos da Universidade Federal da Paraíba. O show faz um passeio pelo repertório dos três primeiros discos do grupo, que apresenta músicas como Zabé Sabe, Forró Esferográfico e Carcará, além de composições do disco ainda inédito, Visagem. O momento especial da noite traz o reencontro no palco do Cabruêra com o rapper carioca Bnegão. Parceiro da banda desde a temporada que os paraibanos passaram no Rio de Janeiro (entre 2002 e 2004), o ex-vocalista do Planet Hamp e atual integrante do Seletores de Freqüência e do Turbo Trio, interpreta com os amigos músicas como V.V. (BNegão e Os Seletores) e uma releitura de Sorriso Aberto (Guará), sucesso na voz de Jovelina Pérola Negra.

Fim de Semana

Os cearenses do Cidadão Instigado comandam a noite de sábado no Rumos Convida com suas influências jazz, repente, maracatu cearense, blues, drum'n'bass e samba. Idealizada por Fernando Catatau e formada em 1994, a banda criou um estilo próprio de utilizar essas referências musicais, que os levaram a conquistar um espaço no circuito da música alternativa em São Paulo. Seus convidados são o músico Rodrigo Amarante e a atriz e cantora Karine Carvalho.

Ex-Integrante da banda carioca Los Hermanos, e integrante da Orquestra Imperial, Amarante é um dos compositores de maior destaque na música brasileira atual, e tem despertado a curiosidade dos fãs com o trabalho da nova banda, Little Joy. Além da trajetória como atriz, Karine Carvalho, tem se apresentado ao lado de cantoras como Céu, Marina De La Riva, Nina Beckher e Pitty no projeto 3 na Massa.

O Rumos Convida encerra no domingo com a  banda anfitriã Pata de Elefante, que repetirá a dose de rock instrumental apresentado no Itaú Cultural em 2008, com um repertório que inclui composições como Um Olho no Fósforo, Outro na Fagulha,  Marta e Hey. O trio gaúcho divide o palco com os mato-grossenses do Macaco Bong, uma das novas revelações da música instrumental brasileira. Tendo seu CD de estreia, Artista Igual Pedreiro, considerado o Melhor Disco Nacional de 2008 pela revista Rolling Stone, a banda leva sua mistura de rock, jazz fusion, pop e música de viola, para uma jam session instrumental de primeira qualidade.

Programação Completa

Dia 5 de março (quinta-feira)

Móveis Coloniais de Acaju (DF) recebe Bocato (SP)

Dia 6 de março (sexta-feira)

Cabruêra (PB) recebe Bnegão (RJ)

Dia 7 de março (sábado)

Cidadão Instigado (CE) recebe Rodrigo Amarante e Karine Carvalho (RJ)

Dia 8 de março (domingo)

Pata de Elefante (RS) recebe Macaco Bong (MT)

Shows Rumos Convida