A cantora Tiê, 28 anos, lança seu primeiro disco, “Sweet Jardim”, inteiramente autoral, e estréia turnê nacional e internacional em março. O début conta com uma temporada de um mês de shows gratuitos no Studio SP, todas as quartas-feiras do mês no projeto Cedo & Sentado, sempre às 21h. No disco, Tiê mostra suas composições, canta e toca piano e violão, em dez faixas de autoria própria, gravadas ao vivo, ao estilo low-fi – antiga tendência resgatada por novos cantores/compositores folk do mundo todo. Sweet Jardim ainda conta com as participações especiais de Toquinho, Tatá Aeroplano, Gianni Dias, Tulipa Ruiz, Thiago Pethit e Nana Rizinni e com a concepção estética da estilista Rita Wainer, que também assina a capa.

As composições, escritas em português, inglês e francês, carregam nuances autobiográficas. As quatro primeiras faixas,”Assinado Eu”, “Dois”, “Quinto Andar” e “Passarinho”, são baseadas na voz e no violão tocado por Tiê e trazem arranjos incidentais e minimalistas que valorizam o lado musicista e romântico da cantora. O tom sobe na quinta e oitava músicas, “Aula de Francês” e “Stranger But Mine”, que ainda trazem Tiê ao violão, mas com arranjos mais rápidos e próximos ao folk e letras que mesclam o francês e português (“Aula de Francês”) e o inglês (“Stranger But Mine”).

“Chá Verde”, sexta faixa, introduz Tiê ao piano, e é a mais autobiográfica canção do disco. O piano com acompanhamentos incidentais se repete na nona faixa, “A Bailarina e o Astronauta”. As duas músicas explicitam a elogiada capacidade de letrista da cantora. Por fim, a música título, “Sweet Jardim”, surge como uma celebração do trabalho, embalada pelos violões ciganos do mestre Toquinho, que faz participação mais do que especial no disco.

Sweet Jardim é produzido pelo produtor, músico e DJ carioca Plínio Profeta. O multiinstrumentista, que toca baixo, cavaquinho, guitarra, teclados e programações, assina a produção de discos de artistas como Lenine, Pedro Luís e A Parede, Lucas Santtana, Xis, Katia B, Fernanda Abreu, Pavilhão 9 e De Leve. Plínio também é responsável por remixes nacionais e internacionais de canções de nomes como Titãs, Kid Abelha e Madonna.

divulgação

Créditos:

A cantora Tiê

Tiê