Já pensou em reunir suas amigas e fazer uma viagem com muita música, o melhor da gastronomia, conhecer lugares históricos e de quebra colecionar momentos de pura diversão? Então esse roteiro é para você!

Imagine vivenciar a rica cultura do sul dos Estados Unidos ao ritmo das músicas que fizeram história nesse país até serem conhecidas em todo o mundo e de quebra conhecer paisagens belíssimas e lugares incríveis pelas estradas americanas.

Créditos:

Um roteiro com música, história e muita diversão no sul dos EUA

Vamos conhecer de perto onde a história fez a música e como a música fez história. Vamos passar por onde nasceram pelo menos 9 estilos musicais: Blues, Jazz, Country , Rock & Roll, R&B/Soul, Gospel, Cajun, Zydeco e Bluegrass e visitar os estúdios onde foram gravados grandes hits! Animou?

Créditos:

Uma parte das amigas no voo da Copa

Para inspirar você e suas amigas, vou compartilhar uma viagem que fiz com um grupo de mulheres, um verdadeiro clube da Luluzinha e uma playlist com músicas que fizeram história nessas estradas. Então aumente o som e embarque nessa viagem!

ondemand_video Vídeos do Catraca

Créditos:

Amigas pelas estradas da música

Nossa aventura começou num voo da Copa, saindo de São Paulo com escala no Panamá e de lá direto para New Orleans. Em seguida conhecemos cidades incríveis do sul dos Estados Unidos, por onde a música fez história, em 3 diferentes estados: Louisiana, Alabama e Tennessee. A estrada que liga esses 3 lugares é também conhecida como “the gold record road”, um verdadeiro triângulo onde New Orleans, Memphis e Nashville são as pontas e no caminho ainda existem lugares que valem a parada como Lafayette, a cidade mais alegre dos Estados Unidos e Muscle Shoals, uma pequena cidade por onde passaram grandes nomes da música.

New Orleans a mais festeira e divertida cidade americana

Créditos:

arquitetura de New Orleans

Começamos a viagem pela festeira cidade de New Orleans na Louisiana, a mais europeia e divertida cidade americana. Diferente de outras cidades do país, NOLA, teve uma colonização interessante. Por lá passaram e deixaram fortes influências culturais, franceses, espanhóis, ingleses, africanos e caribenhos, o que tornou essa cidade um lugar com pessoas especiais, cheia de história e gastronomia diferenciada.

Créditos:

Nola, a terra do Jazz

A música está presente em cada esquina. É muito comum se deparar com uma marching band, banda de músicos que saem pelas ruas tocando seus instrumentos, acompanhando celebrações como casamentos, desfiles e até funerais. São centenas de músicos ávidos por apresentar seus talentos nos incontáveis bares, restaurantes, casa de shows, ruas e praças e até nos barcos que navegam pelo rio Mississipi.

Créditos:

O charmoso French Quarter

O coração da cidade, onde fica a famosa Bourbon Street é conhecido como o Quarteirão Francês, histórico e com ruas muito charmosas, com linda arquitetura e casas bem preservadas com varandas e iluminação de candeeiro.

Créditos:

Boutique du Vampyre uma das lojas curiosas de Nola

Vale se perder pelas esquinas, para visitar lojinhas curiosas com a Boutique do Vampiro, galerias de artes como a do artista Rodrigue, famoso pelo personagem Blue Dog, com obras por toda a cidade, restaurantes e bares como o do lindo hotel Monteleone, o Carousel Bar & Lounge que é um carrossel que roda de verdade. Também vale a parada no French Market, um gostoso mercado aberto com comidas e temperos típicos de Louisiana além de uma ótima feirinha de arte local.

Créditos:

O bar gira como um Carrossel

Para abrir e fechar o dia, duas paradas imperdíveis, o Café du Monde, turístico e com fila na porta, apesar de aberto 24 horas! Famoso desde 1862 pelo ótimo café au lait, o bom e velho café com leite francês, acrescido de chicória, receita que vem de anos de guerra com café escasso e dos deliciosos beignets, bolinhos fritos e cheios de açúcar, uma marca registrada de New Orleans.

Créditos:

Deliciosos Beignets do Café Du Monde

No final da tarde, uma ótima pedida é tomar um coquetel na varanda do Tableau, admirando a bela praça Jackson Square antes de pedir o jantar.

Créditos:

A bela praça Jackson

O sofisticado restaurante que tem um toque creole francês tem pratos incríveis e o pato, meu Deus! Foi o melhor que já comi em minha vida!

Créditos:

Sofisticado pato do Restaurante Tableau

A noite agitada da Bourbon Street

Créditos:

Bar com incrível dueto de piano

A mais famosa rua de New Orleans ainda é a preferida para as festas de despedida de solteiras e outros eventos festivos, para quem busca agito na cidade. São dezenas de bares, clubes, inferninhos, lojinhas e gente atrás de badalação e paquera, mas estando na terra do rei do jazz, Louis Armstrong, ainda é possível se surpreender com o jazz clássico ou shows de blues e muitas vezes impressionantes duetos de piano numa demonstração que grandes músicos sempre estarão brotando por aqui. O que é mais incrível é que você não precisa pagar nada para assistir shows espetaculares!

Créditos:

A Bourbon Street em dia de festa

É possível entrar nos bares, curtir as bandas, encostar em um balcão, pedir um drink e se quiser, pode ficar assim até a hora de ir embora, mas não esqueça de colocar um dinheirinho nas caixinhas que todos os músicos deixam no palco e que hora ou outra circulam pelos salões.

Jazz no Bourbon O Bar

Créditos: Jazz no Bourbon O Bar

Jazz no Bourbon O Bar

O bar do hotel the Royal Sonesta, o bar Fritzel´s e o Orleans O Bar, todos eles na Bourbon, lhe oferecem o melhor do Jazz. Outros vão lhe surpreender com o Blues, O Zydeco e outros ritmos locais super envolventes!

Frenchmen Street

Muito próxima da Bourbon está a Frenchmen Street. Sem as luzes chamativas dos neons e sem a loucura de gente da Bourbon, a Frenchmen Street é uma agradável surpresa com clubes e bares que oferecem incríveis shows frequentados principalmente por locais e turistas mais antenados e em busca de boas músicas.

Ótimas opções de música na Frenchmen Street

Créditos: Ótimas opções de música na Frenchmen Street

Ótimas opções de música na Frenchmen Street

Pelos arredores há uma feirinha descolada, a Frenchmen Art Market, que vale a visita antes de entrar nos bares.

feira descolada na Frenchmen Street

Créditos: feira descolada na Frenchmen Street

Feira descolada na Frenchmen Street

As boas opções para curtir a música são: The Spotted Cat, o novo 30/90, o Maison, etc. Certamente em qualquer um deles você se surpreenderá com a ótima qualidade musical da cidade. De bar em bar, você não vai querer perder 1 minuto de tantos espetáculos em uma rua só!

Mansões e lojas descoladas no Garden District

Muitos turistas que vão à New Orleans ficam concentrados no Quarteirão Francês e perdem a oportunidade de explorar outros locais agradáveis como o Garden District, bairro super arborizado e cheio de lindas mansões como as da atriz Sandra Bullock e a que serviu de cenário para o filme “O Curioso caso de Benjamin Button”, com Brad Pitt como ator principal.

Mansões no Garden District

Créditos: Mansões no Garden District

Mansões no Garden District

Para quem gosta de histórias de mistério e terror, há um tour guiado pelo cemitério Lafayette que fica por ali e para quem foge totalmente disso, tem a agradável Magazine Street, rua simpática, cheia de bares, lojinhas, galerias e restaurantes deslocados e frequentados pelos locais.

Tour no Cemitério Lafayette

Créditos: Tour no Cemitério Lafayette

Tour no Cemitério Lafayette

Uma ótima opção de almoço é o bar e restaurante Joeyk´s, com decoração divertida e delícias da gastronomia da Louisiana. Não deixe de experimentar os sanduiches po-boys de marisco e outros pratos típicos e apimentados como Jambalaya e Gumbo.

Loja descolada na Magazine Street

Créditos: Loja descolada na Magazine Street

Loja descolada na Magazine Street

Outros dois programas super legais para fazer na cidade é reservar um jazz com brunch no simpático pátio do Court of 2 Sisters. Com um buffet que inclui uma incrível variedade de bolos, pães, tortas, todos os pratos típicos até uma saborosa sopa de tartaruga, ao som de um ótimo trio de jazz. Para completar, o local é lindo, cheio de trepadeiras, fontes e pássaros voando entre as mesas.

jazz brunch no pátio

Créditos: jazz brunch no pátio

Jazz brunch no pátio

Para encerrar a noite com céu estrelado e vendo o sol se pôr, sugiro um passeio na Creole Queen, uma típica embarcação do rio Mississipi, num jazz dinner com mais música e comida típica para ver a cidade de outros ângulos.

Mais jazz no rio Mississipii

Créditos: Mais jazz no rio Mississipii

Mais jazz no rio Mississipii

Alguém deve estar se perguntando: “Mas uma viagem só de garotas e nenhuma paradinha num shopping? ” E então esse é um ótimo momento para saber que em Louisiana, turistas estrangeiros não pagam impostos! Basta apresentar o passaporte no tax free do shopping ou aeroporto e receber a taxa de volta, mesmo pagando em cartão! Não é uma ótima notícia? Então entre o brunch e jantar, dá para fazer uma paradinha básica no outlet de New Orleans, no Riverwalk, fazer umas comprinhas e ainda ficar com um troquinho para gastar com outras coisas. Muito bom, não?

compra com troco

Créditos: compra com troco

Compra com troco

Para se hospedar na cidade, o ótimo Hotel Bourbon Orleans, além de muito confortável e elegante é super bem localizado, na esquina da Bourbon Street e pertinho de todas as coisas boas que a cidade tem para oferecer.

Hotel Bourbon

Créditos: Hotel Bourbon

Uma pausa na piscina do Hotel Bourbon

Dia seguinte, reúna as amigas, leve uns lanchinhos para o carro, coloque novas músicas no playlist e sigam na estrada para Lafayette. Depois de conhecer Nola, como é chamada a cidade mais divertida dos Estados Unidos, você vai conhecer a cidade mais alegre e descobrir porque o estado da Louisiana tem que definitivamente entrar no seu próximo roteiro de viagem!

Nossa viagem musical continua na próxima semana em Lafayette na Louisiana! Prepare os pés porque vamos dançar muito Zydeco!

Música para esse roteiro: "When the saints goes marching in", Louis Armstrong

Ana Paula Garrido viajou a convite da Brand USA , Travel South e Copa Airlines com seguro de viagem GTA

Imagem Autor

Ana Paula Garrido é editora e jornalista de O melhor da viagem, blog sobre viagens, lugares e coisas imperdíveis pelo mundo, para você conhecer, curtir e viajar!

+ posts do autor

Rede Catraca Livre

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.