Uma nova rádio anda circulando pelas ruas do Rio. No bagageiro de uma bicicleta, a RádioBike transmite, do Centro ao Arpoador, a programação da Rádio Rua,  rádio web voltada para músicos independentes, e divulga eventos culturais que acontecem pela cidade.

Créditos:

O equipamento de som da RádioBike é conectado à internet

Pilotando o aparato sonoro, que é conectado à internet, revezam-se músicos e DJs. Aos fins de semana, eles pedalam pelas ciclovias, espalhando o som pela cidade. A RádioBike também faz a cobertura de eventos que acontecem em locais públicos e já participou de vários eventos. Em um deles, tocou para 40 casais dançarem tango em Copacabana.

Às quintas-feiras, a bicicleta é estacionada em algum ponto do Rio e faz uma pequena festa ao ar livre, juntando boa música, boa comida e gente interessada em conviver. Um DJ ou músico convidado pluga os equipamentos na caixa de som, a galera se aproxima e pronto, a festa começa.“A nossa ideia é mesmo trazer a música para a praça, usufruir do espaço público e criar espaço para novos artistas”, diz o músico Rodrigo Penna Firme, diretor da Rádio Rua.

Créditos:

O DJ Gabo, da Colômbia, é um dos que já tocaram nas intervenções da RádioBike

Até o momento, a RádioBike já aportou na Lapa e na praça São Salvador, em Laranjeiras. Agora, prepara-se para seguir rumo ao Arpoador, para aproveitar o horário de verão mais perto da orla.

Mais rádios em bikes pela cidade

A estreia da Rádio Bike aconteceu durante a “Cúpula dos Povos”, quando circulou pelo evento, realizado no Aterro, durante a Rio+20, transmitindo a programação da Rádio Cúpula. A partir daí, a bicicleta já partiu para as ruas do Rio, de onde não pretende sair mais.

Pelo contrário. A Rádio Rua está em busca de apoio para espalhar várias bicicletas, por vários pontos da cidade, sempre divulgando os artistas locais e atraindo o olhar do público para o que a cidade tem produzido de novo. "Estamos em busca de patrocínio para chegar a mais lugares", ressalta Rodrigo.