Em grandes centros urbanos mundo afora, canais subterrâneos podem esconder ricas histórias e lendas - como, por xemplo, os graffitis feitos pelo artista de rua Zezão em galerias pluviais de São Paulo ou em Bucareste, onde mais 600 pessoas vivem pelos esgotos da capital romena.

Pensando nisso, o artista Biancoshock idealizou o projeto "Borderlife" (Vida na Fronteira, em tradução livre), em que transforma bueiros do distrito de Lodi, em Milão (Itália) em lugares aconchegantes e confortáveis, para depois fotografá-los. "Se alguns problemas não podem ser evitados, torne-os confortáveis", escreve ele.

Para conferir os resultados, as imagens são compartilhadas no site e nas redes sociais do artista. Entre as obras apresentadas, um dos bueiros foi transformado em uma espécie de banheiro, enquanto outro parece uma sala. "Essa intervenção fala sobre as pessoas forçadas a viverem em condições extremas, chegando ao ponto de viver em bueiros", aponta Biancoshock. O resultado do projeto é incrível.

Veja algumas fotos abaixo:

1/5

 

2/5

 

3/5

 

4/5

 

5/5

 

  •  

    1/5

  •  

    2/5

  •  

    3/5

  •  

    4/5

  •  

    5/5