Muitos fotógrafos gostam de experimentar técnicas de fotografia de longa exposição, mas o australiano Lincoln Harrison deu uma nova definição para a palavra "longo". Seu portfólio conta com hipnotizantes fotos de rastros de estrelas, capturados em fotos que duraram até 15 horas.

Os registros são feitos nos arredores do Lago Eppalock, no interior da Austrália. Os redemoinhos estrelas são o resultado da rotação da Terra, que, ao olharmos do chão, faz pensar que estamos vendo as estrelas “viajarem” pelo céu.

Confira a psicodelia hipnotizante das estrelas de Harrison.