O usuário e/ou senha digitados estão incorretos.

Lixeira feita de chiclete reciclado reduz descarte na rua

Em alguns casos, a presença dos recipientes cor-de-rosa diminuiu o volume de goma de mascar jogado nos locais em 46% nos primeiros 3 meses, afirma a Gumdrop

12/06/2018 8:45

por Redação

Quem nunca teve o desprazer de tirar um chiclete mascado que grudou na sola do sapato? Imagine como deve ser trabalhoso remover as centenas de gomas de mascar das ruas, a um custo que deveria ser desnecessário. Diante dessa situação, a empresa inglesa Gumdrop Ltd. criou uma lixeira feita de chiclete reciclado, desenvolvida especialmente para se jogar gomas de mascar nela. Quando ela fica cheia, ela vai de novo, com chiclete e tudo, para a reciclagem.

Créditos: Divulgação

A lixeira cor-de-rosa lembra bolas de chiclete sabor morango

Com a tecnologia desenvolvida pela empresa para reciclar o chiclete, esse material pode ser usado pela indústria da borracha ou do plástico, na produção de itens como galochas ou capas de celular.

Clique aqui e conheça o projeto As Melhores Soluções Sustentáveis.

Créditos: Divulgação

Palheta para violão, feita de chiclete

Além da lixeira (que é redonda e cor-de-rosa para lembrar o formato de gomas de mascar sabor morango), a empresa também faz materiais de papelaria, potes, frisbees e palhetas.

Créditos: Divulgação

O chiclete reciclado pode ser usado em produtos que normalmente usam borracha ou plástico

Segundo a Gumdrop, em média, gasta-se 0,03 libra (R$ 0,15) para produzir um chiclete, mas removê-lo das ruas custa 0,10 libra (R$ 0,48). Anualmente, o Reino Unido gasta em torno de 150 milhões de libras (R$ 718 milhões).

Além desse custo de limpeza, também há o impacto ambiental. O chiclete jogado fora leva cerca de cinco anos para se degradar.

A empresa lançou as lixeiras Gumdrops em 2010, e a Legoland foi uma das primeiras a adotá-las. Desde então, redes de mercado e shoppings também passaram a colocá-las em suas instalações. Em alguns casos, a presença das lixeiras cor-de-rosa diminuiu o volume de goma de mascar jogado nos locais em 46% nos primeiros três meses, afirma a companhia.

Créditos: Divulgação

Minilixeirinhas para quem masca bastante chiclete

É preciso contatar a empresa para saber o valor das lixeiras, disponíveis no momento para entrega na Dinamarca e no Reino Unido. Já outros itens estão à venda no site, como a palheta (três unidades por 3 libras, ou R$ 15).

Leia também: Tênis de chiclete reciclado pregam pegadas mais ecológicas

Curadoria: engenheiro Bernardo Gradin, presidente da GranBio e especialista em soluções sustentáveis.

Veja também

Empresa doa escova de dente de bambu para combater lixo plástico

Bola indestrutível marca gols da inclusão social em todo o mundo

Startup quer implantar 100 hortas urbanas orgânicas em São Paulo

Estudantes criam filtro de água com isopor reciclado

Tênis viram vasos de plantas que são obras de arte

Scooter elétrica é feita de fibra de maconha