arte por Alexandre De Maioposter movo-4121212

Créditos: poster movo-4121212

Cartaz

A próxima Estação Catraca Livre acontece neste domingo, 13, a partir das 16h, no Centro Cultural Rio Verde. Trata-se de um encontro com alguns dos artistas que já passaram pelo site. Durante a tarde você poderá conferir shows, exposições e muito mais. No mesmo dia, acontece a inauguração da exposição Vila Mundo, no Café Aprendiz, em frente ao Rio Verde.

Confira a programação completa

15h- No Café Aprendiz: inauguração da exposição Vila Mundo

A partir das 16h no Centro Cultural Rio Verde

Inauguração da Biblioteca Comunitária de Arte
O Catraca Livre inaugura no Rio Verde a primeira biblioteca comunitária de arte da Vila Madalena. Livros de fotografia, arquitetura, design, pintura, entre outros, estarão disponíveis para consulta no local.

Inauguração da Rádio da Vila

Exposição coletiva dos artistas Bruno Storni, Julio Raw e Wagner Roza

16h- Lançamento do projeto Mestres do Tempo de Alessandra Trindade

17h- Show de Meno Del Picchia

18h-Movimento Elefantes lança DVD

19h- Show da banda Reteté

20h- Espetáculo “O Alfaiate de Livros”

20h30- Show do grupo Forró do Feijão


A obra, escrita pela consultora cultural Alessandra Trindade, chega às livrarias em setembro e conta a história de 25 idosos que apesar do tempo, não perderam o entusiasmo pela vida, tampouco pelo aprendizado. Durante a Estação Catraca serão distribuídos alguns exemplares para os participantes da promoção. Para saber mais clique aqui


Acontece a partir da 17h no estúdio do Rio Verde show do  Meno Del Picchia.

Marina Mantovanini especial para o Catraca Livre

Mais uma vez o Centro Cultural Rio Verde abre a casa para receber o projeto Estação Catraca Livre, no próximo domingo (13). Dessa vez, quem abre os shows no palco do espaço paulistano é o multiinstrumentista Meno Del Pichia.
Meno carrega arte no DNA. Além de ser bisneto do escritor Menotti Del Pichia, um dos participantes da Semana de Arte Moderna de 22, a primeira lembrança musical que guarda é a de ver seu pai no piano. A segunda vem do avô materno que tocava moda de viola.

Com tantas influências musicais, o resultado não poderia ser outro: desde pequeno se embrenhou nas cordas do violão, baixo e guitarra. A família se orgulha. O artista já tocou com nomes como o jazzista Francês Didier Lockwood, o brasileiro Bocato e a cantora Fabiana Cozza. E no ano passado lançou o seu primeiro álbum.

O disco, que leva o nome do músico, passeia pelo jazz, samba e rock e tem a participação de Bocato e Tatá Aeroplano. “Fiz este álbum com todas as músicas que eu já tinha composto e que gostava. Toquei todos os instrumentos de corda, só a bateria que foi cortesia de Guilherme Calzavaras e Pedro Ito”, conta.

O repertório do show, que será no formato de voz e violão, é composto pelas músicas do disco, duas canções novas e uma versão de House of Cards da banda inglesa Radiohead. “Tocar e cantar sozinho cria a possibilidade do músico recriar o quanto sentir necessário. Quero aproveitar a minha linha jazzística para improvisar.”

As influências musicais do artista poderão ser ouvidas durante a apresentação. Do samba de breque de Germano Matias, passando pelas  paisagens instrumentais de Charlie Parker até o rock brasileiro dos Los Hermanos. Todos estão escondidos na diversidade de suas canções.


Banda Reteté no coreto e lançamento do DVD do Movimento Elefantes.

O Movimento Elefantes, coletivo de nove big-bands paulistas, lança no mês de setembro o seu DVD. São 9 video-clipes amarrados num roteiro do diretor Pedro Dantas. A ideia do vídeo é divulgar o trabalho dos grupos integrantes do coletivo. Para isso, alem de ser distribuído gratuitamente, a proposta é que uma vez assistido, o DVD seja passado adiante.

O DVD também será oferecido ao público nas apresentações do Movimento no Teatro da Vila, que oferece a residência ao Movimento desde o mês de agosto, todas às segundas-feiras, com shows de duas bandas das 20:30h às 22:30h. O valor do ingresso fica a critério do público, no esquema “pague quanto vale”. Ao final de cada apresentação, cada espectador contribui com a quantia que desejar, iniciativa que valoriza a democratização e o livre acesso à cultura.

Confira abaixo os detalhes de programação e mais informações sobre o Movimento Elefantes:

Programação Setembro
Teatro da Vila
quando: segundas-feiras a partir das 20h30
onde: Rua Jericó, 256 – Vila Madalena
entrada: Pague quanto vale
capacidade: 80 pessoas
informações: (11) 7838.0182 – teatrodavila@gmail.com
imprensa: (11) 8228.4474

Bar B
quando: terças-feiras às 21h
onde: Rua General Jardim, 43 – República
entrada: R$ 5,00
capacidade: 60 pessoas
informações: (11) 3129.9155 – www.barbsp.com.br
imprensa: (11) 8228.4474


Com a concepção e interpretação de Otávio Bastos, a apresentação acontece às 20h30 dentro do salão do Centro Cultural. O Alfaiate de Livros trata sobre a vida de um encadernador de livros que, enquanto realiza seu trabalho, folheia e lê trechos sem nunca ter lido um livro inteiro. Este homem, enquanto encadernador de si mesmo, tem seus saberes fragmentados, permeados pelas histórias que constrói a partir dos pequenos trechos dos livros que lê, palavras entrecortadas, fragmentos solitários que vão construindo a história e encadernando o próprio homem. O livro encaderna o homem, enquanto o homem encaderna livros.

Trata-se do novo espetáculo solo de dança de Otávio Bastos, e faz parte do processo que vem sendo desenvolvido pelo artista na busca de colocar em prática e disseminar os estudos que realiza sobre manifestações culturais brasileiras e técnicas contemporâneas de teatro e dança.


Para fechar o evento, o grupo Forró do Feijão se apresenta no coreto, a partir das 2oh30. Banda instrumental, une o forró (Luiz Gonzaga, Dominguinhos e Sivuca) com o choro (Abel Ferreira, Pixinguinha, e Luiz Americano) e a música instrumental brasileira (Hermeto Paschoal e Egberto Gismonti).

Estação Catraca Livre