Há um ano morria o jovem Vitor Gurman, vítima da falta de prudência no trânsito paulistano. Atropelado na calçada por uma motorista embriagada, Vitão acabou virando um marco da luta por justiça.

Criado na época por um grupo de amigos em luto, o Movimento Viva Vitão pretendia transformar a tragédia em poder de ação. Com a mensagem “não espere perder um amigo para mudar sua atitude”, a intenção do grupo é que as pessoas passem a usar seus automóveis de maneira mais responsável e cidadã.

No sábado, 28, acontece na Vila Madalena uma manifestação contra a impunidade não só desse caso, mas de muitos outros semelhantes. Os membros do grupo se reunirão para colocar uma faixa no local do acidente com os dizeres “A tinta apaga, a memória não”, referência à frase “Foi homicídio doloso”, pintada no local do acidente e já apagada pelo tempo.

O encontro acontece na Rua Belmiro Braga, 216, 17h. Será apresentado o trailer documentário “Luto em Luta”, que conta a história do movimento e batalha pela justiça e pela conscientização da sociedade, além de conversas com os participantes e discussão sobre a importância do movimento.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=gGgh-p_QMs8[/youtube]

Lançamento "Luto em Luta"

28 Jul

Catraca Livre
add Google Agenda