Créditos: Reprodução/TV Globo

Boni e William Waack

José Bonifácio Oliveira Sobrinho, o Boni, defendeu o apresentador da TV Globo William Waack, durante o lançamento do livro de Flávio Ricco e José Armando Vannucci, no Rio de Janeiro, na última segunda-feira (13).

O ex-diretor da emissora carioca garantiu que o jornalista não é racista e disse que se ainda estivesse no comando do canal teria tomado outra decisão que não fosse afastar o funcionário.

Leia também:

Rede Globo se pronuncia sobre demissão de William Waack

"Eu conheço William há anos e sei que ele não é racista. Sei também do seu caráter, como muitas pessoas que estão lá [na Globo] sabem. Eu não o afastaria. Pelo histórico dele na emissora e pelo tom infantil da brincadeira, eu o obrigaria a fazer um pedido de desculpas", declarou ao site “Uol”.

Waack está sendo acusado de racismo após ser divulgado na internet um vídeo em que o apresentador do “Jornal da Globo” aparece dizendo supostamente “tinha que ser preto” para um homem que passou buzinando atrás do estúdio de gravação. Confira AQUI!

Saiba mais:

Perito confirma: William Waack diz 'preto' em vídeo