Créditos: RinoCdZ/iStock

Mãe descobriu estupro após saber que a filha tinha HPV

Médicos de um posto de saúde em Venâncio Aires, no Rio Grande do Sul, descobriram que uma garota de oito anos de idade estava com HPV após sofrer abusos sexuais de um amigo de sua família. O caso foi divulgado pelo jornal O Estado de São Paulo.

A mãe da menina disse que a garota estava reclamando de coceiras e, por isso, decidiu levá-la ao médico, onde ela passou por exames de delito e teve os estupros constatados. Segundo o laudo, a menina era abusada havia meses.

A garota também foi ouvida na delegacia, com auxílio de um psicólogo e de uma assistente social, e confirmou que sofria os abusos sexuais.

Ainda de acordo com a polícia, a família confirmou que o suspeito se hospedou várias vezes na mesma casa onde a garota vivia. Ele tem 39 anos, nega que tenha cometido o crime e não teve seu nome divulgado. O homem foi preso na última terça-feira (12)

Se for condenado, a pena prevista para este tipo de crime é de oito a quinze anos de prisão.

Veja também:

Mulher filma o próprio estupro e consegue prisão do agressor