Até onde você iria para conseguir uma cirurgia capaz de salvar a vida do seu filho? A paulistana Gabriela Moisés, de Sorocaba, mobilizou em quatro dias quase 250 mil pessoas no abaixo-assinado que criou na plataforma Change.org para pressionar o Hospital Dante Pazzanese, vinculado à Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo, a marcar a operação no coração do Beny.

O menino, com síndrome de Down, tem somente um ano de idade e um problema cardíaco grave: nasceu com um orifício entre os dois ventrículos do órgão que prejudica o seu desenvolvimento. Gabriela estava há meses tentando o retorno da saúde, mas, com a campanha na internet, recebeu um telefonema e Beny fará a consulta já na próxima semana.

A petição está em www.change.org/AjudeOBeny.

Divulgação

Créditos: Divulgação

Gabriela fez abaixo-assinado para garantir cirurgia do filho Beny.

Gabriela conta que a maternidade foi uma linda surpresa. “A nossa história é muito bonita. Eu achava que não podia engravidar e, quando vi, estava à espera do Beny. Foi um presente!”, lembra a mãe. Desde que nasceu, o menino é acompanhado tanto pela rede de saúde de Sorocaba quanto pelo Dante Pazzanese, que fica na capital paulista. Ao longo dos últimos meses, a situação se agravou. “Em junho e julho, ele quase morreu. O hospital diz que esqueceu de colocar o meu filho na fila da cirurgia. Foi um descaso. Depois me pediram desculpa”, reclama. “É uma rotina estafante, mas vale a pena pelo meu filho. É meu príncipe", completa.

Gabriela e Beny receberam também o apoio dos atores Marcio Garcia e Leticia Spiller. Eles divulgaram o abaixo-assinado no Twitter. A Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo informou que a cirurgia do Beny será marcada em consulta médica na próxima segunda-feira. “Assim que a operação for confirmada, faço questão de contar a novidade e agradecer a todo mundo”, diz a mãe.

Imagem Autor

O site para você mudar o que quiser. Mais de 180 milhões de pessoas fazendo a diferença em 196 países — quase 10 milhões no Brasil.

+ posts do autor

Rede Catraca Livre

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.