A mostra Cinema de Bordas exibe 17 filmes feitos por anônimos no Instituto Itaú Cultural em São Paulo, nos dias 22 a 26 de abril. Com a curadoria de Bernadette Lyra e Gelson Santana, o evento acontece entre os dias 22 e 26 de abril e visa apresentar vídeos que são realizados à margem do cinema comercial ou mesmo do cinema que pretende ter o status de arte.

Créditos:

Divulgação do evento

Cunhado pela pesquisadora Bernadette Lyra, o termo "cinema de bordas" se aplica à vasta produção cinematográfica realizada em todo o Brasil por produtores independentes que, apesar do baixo orçamento, suspendem os limites entre o sofisticado e o popular. Histórias inusitadas e narrativas marcadas pela ação e o sentimento são a base dessas realizações, que, aproveitando-se dos poucos recursos, sugerem uma linguagem diferente entre as muitas já apropriadas pelo cinema.

Confira a programação completa da Mostra

Dia 22/04 (quarta-feira)
20h - Horror Capiau, de Dimitri Kozma / A Dama da Lagoa , de Francisco Caldas de Abreu Jr. (antecedidos por palestra com os curadores Bernadette Lyra e Gelson Santana)

Dia 23/04 (quinta-feira)
17h - Insector Sun: O Guardião da Terra / A Hora da Verdade, de Chris Lee / Cocô Preto, de Marcos Bertoni / Era dos Mortos, de Rodrigo Brandão

20h - O Assassinato da Mulher Mental, de Joel Caetano / A Capital dos Mortos, de Tiago Belotti

Dia 24/04 (sexta-feira)
17h - Aventuras de Um Caçador, de José Manoel / O Rico Pobre, de Manoel Loreno

20h - O Soco Silencioso, de Lucas Moreira / Rambú IV: O Clone, de Júnior Castro

Dia 25/04 (sábado)
17h - Desaparecidos, de Antonio Marcos Ferreira / Zombio, de Petter Baiestorf

20h - A Valise Foi Trocada, de Simião Martiniano

Dia 26/04 (domingo)
17h - O Farol, de Francisco Caldas de Abreu Jr. / Patrícia Gennice, de Felipe M. Guerra

20h - Mangue Negro, de Rodrigo Aragão

Cinema de Bordas